Atualizado em: 24 agosto 2012

Julian Assange terá Asilo no Equador

O dono do WikiLeaks poderá permanecer em terra equatorianas, pois até o presente momento ele não será exilado.
Você Sabia?
Julian Assange divulgou em agosto de 2010 documentos que secretos que falavam sobre a Guerra do Afeganistão e o envolvimento do Exército dos Estados Unidos, quando isso aconteceu a Suécia expediu os mandatos de prisão contra o acusado.
Julian Assange

Julian Assange, o homem acusado de crimes sexuais poderá ficar no Equador. (Foto: Divulgação)

O criador do WikiLeaks terá asilo no Equador. Depois de ser acusado de ter cometido crimes sexuais, Julian Assange se refugiou na embaixada equatoriana em Londres para se proteger, pois um tribunal do Reino Unido ordenou sua extradição para a Suécia.

Julian Assange está lá desde o dia 19 de junho e durante esse período os países disputaram entre si na justição o direito de defendê-lo ou extraditá-lo. Recentemente os britânicos perderam mais uma batalha em que tentavam ter concedido o apelo d e extradição que faziam e agora já é certo que o asilo no Equador está garantido pelo presidente do país.

publicidade:

Agradecimentos da Mãe de Julian Assange

Em 1º de agosto a mãe de Julian Assange esteve com o presidente Rafael Correa, na sede do governo. Christine Assange agradeceu pela força de vontade e também pela honestidade da investigação do caso por parte do país.

A mulher afirmou que a decisão tomada foi a melhor e mais bem pensada, já que as reivindicações do filho foram atendidas. Nada acabou, pois é muito provável que mais uma vez o Reino Unido haja para que os pedidos do acusado sejam recusados.

O início do Caso Assange

O criador do WikiLeaks ficou mundialmente conhecido após fazer várias denúncias através de seu site. Ele relatou problemas em presídios, execuções no Quênia, guerras e envolvimento dos países, entre muitas outras coisas. Foi em novembro de 2010, depois de ter perdido a cidadania sueca é que Julian Assange foi acusado de estupro e abuso sexual.

Depois desse episódio sua vida se transformou em um caos e seu nome figurou entre os dos procurados pela Interpol. De acordo com as afirmações do próprio acusado os levantamentos são falsos. Na época ele se apresentou à polícia e foi liberado passado nove dias.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook