Atualizado em: 16 agosto 2011

Hacker roubou 90 mil reais usando informações do Facebook

Inglês de 33 anos, recolhia informações em redes sociais para responder perguntas de segurança bancárias, conseguindo roubar 90 mil reais em 2 anos.

Hacker roubou 90 mil reais usando informações do FacebookIain Wood, um  inglês de 33 anos, furtou cerca de 35 mil libras (90 mil reais) das contas bancárias dos seus vizinhos, usando informações pessoais das redes sociais Facebook e Friends Reunites.

Dados pessoais do Facebook

O jovem fazia amizades no Facebook e na rede social inglesa Friends Reunites, e recolhendo alguns nomes de usuário, tentava se logar em outros sites, usando como senha os mesmos dados de login.

publicidade:

Algumas vezes Wood tinha sucesso, e conseguia ainda mais dados pessoais das vítimas ao acessar outros serviços online. A partir daí, assumia a identidade de seus vizinhos, e simulando ter perdido a senha, passava pelas verificações de segurança bancárias, realizando as transferências para contas de terceiros.

18 horas por dia pesquisando

Wood usava até 18 horas diárias para coleta de informações pessoais das vítimas, pacatos vizinhos que viviam em seu prédio. Ele ligava para instituições bancárias e, se fazendo passar por suas vítimas, alegava não conseguir lembrar a senha. A partir daí, respondia as perguntas de segurança, como nome de solteira da mãe, data de nascimento e outros detalhes pessoais.

Excesso de confiança leva à prisão

A excessiva confiança de Wood custou-lhe a prisão, ao assumir outro modus operandi. Ele fez uma operação de transferência de 1500 libras da conta bancária de um dos seus vizinhos em novembro de 2009, para sua própria conta pessoal. Quando a vítima percebeu a fraude, a polícia teve facilidade de rastrear a movimentação e chegar ao jovem inglês.

”Esta é a primeira vez que eu me deparei com uma fraude sofisticada como esta, que foi muito bem planejada, complexa e inteligente”, disse o juiz que o condenou na corte Newcastle Crown Court, Guy Whitburn.

2 anos de fraude

Ian Wood, que vivia no bairro East End, em Newscatle, cometeu os crimes entre meados de 2008 e 2010. Ele gastou todo o dinheiro em jogos.

Quando conseguia ter acesso a contas bancárias, ele mudava o endereço de correspondência. A maioria das contas bancárias que Wood fraudou estavam inativas, embora tivessem saldo positivo, por isso demorou tanto tempo para ser descoberto.

Fonte: The Daily Mail

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook