Atualizado em: 8 fevereiro 2012

Greve da PM em Salvador gera aumento de homicídios

A greve da polícia militar em Salvador culminou em diversas ondas de violência pela capital baiana nos últimos dias. Confira mais informações sobre os homicídios e outros ataques de violência decorrentes da greve.
PM da Bahia segue com a greve nesta sexta

A greve da polícia militar em Salvador culminou em diversas ondas de violência pela capital baiana nos últimos dias. (Foto: Arestides Baptista/Agência A Tarde/AE)

Com a greve dos policiais em Salvador, o caso de violência vem se agravando cada dia mais em todo o estado. O número de homicídios subiu para 95 durante a greve, greve essa que teve início no último dia 31. Na última segunda-feira, dia 6 de fevereiro, seis pessoas foram assassinadas no estado e na região metropolitana.

Segundo informações da 39ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), um dos casos de homicídio ocorreu por volta das 15h30, quando um homem foi morto a tiros dentro de um Pet Shop, localizado no bairro do Costa Azul. A vítima era funcionário do estabelecimento Pet Show, localizado na Rua Desembargador Manoel Pereira.

publicidade:

Veja também

Homicídios a cada dia

Segundo a Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom), pela manhã, dois homens com identidade ignorada foram mortos nos bairros de Pau de Lima e Coqueiro Grande. Outros crimes aconteceram em Camaçari e, outro homem não identificado foi morto às 1h45 e outro às 4h49.

Até agora, o total de número de assassinatos durante a greve da PM é mais da metade dos 175 homicídios registrados em todo mês de fevereiro de 2011. Além dos homicídios, foram contabilizados 235 veículos roubados desde o dia 31 de janeiro até hoje.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook