Atualizado em: 18 setembro 2013

Greve dos Correios em 6 Estados

De acordo com a assessoria de comunicação dos correios, no próximo fim de semana vai ocorrer um mutirão dos funcionários, para que seja feita a entrega das correspondências.
Você Sabia?
Que no mesmo ano da Proclamação da República, em 1889, surgiu o primeiro Museu Postal Brasileiro.
images (8)

Paralisação dos Correios atingem estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo o presidente do sindicato dos trabalhadores dos Correios, Elias Cesário, afirmou dia 11 de setembro, seis estados aderiram à greve dos Correios, sendo esses os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Tocantins, Rio Grande do Norte e Rondônia.

Sobre a Reivindicação

Os trabalhadores dos Correios reivindicam a reposição da inflação, o reajuste do piso salarial em 10%, aumento real de 6%, vale-alimentação de R$ 35,00 e vale cesta de R$ 342,00 além de auxílio creche de R$ 500,00 e auxílio para dependentes de cuidados especiais de no mínimo R$ 850,00.

publicidade:

Informações

Já os Correios divulgou uma nota onde afirma que foi oferecido um reajuste de 5,27% sobre salários e benefícios. E segundo a assessoria de imprensa dos Correios, atender às reivindicações sindicais custaria R$ 31,4 bilhões para os Correios, o que equivaleria a  quase o dobro da previsão de receita dos Correios para este ano ou o equivalente a 50 folhas mensais de pagamento.

O Sintect SP (Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios e Similares de São Paulo, Grande São Paulo e região postal de Sorocaba), calcula que 45% a 50% dos funcionários aderiram à paralisação no primeiro dia da greve, na região da capital, Grande São Paulo e Sorocaba.

Já o PROCON divulgou uma nota afirmando que o consumidor que for lesado pela greve dos Correios tem direito a ressarcimento ou abatimento do valor pago na postagem, caso haja atraso no recebimento de correspondências.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook