Atualizado em: 1 fevereiro 2011

Google e Twitter se unem para ajudar o Egito

hosni-mubarak

Foto: Hosni Mubarak, ditador presidente do Egito

publicidade:

Como todos devem saber, o governo egípcio está fazendo de tudo para calar os manifestantes contra o governo do quase-ditador-presidente Mubarak. Este governo está impondo seríssima censura sobre a Internet deste país, e serviços como Google, Twitter, Facebook estão inacessíveis.

Nas últimas horas, agências de notícias revelaram que este governo planeja paralisar até os serviços de telefonia móvel, visando dificultar a mobilização chamada “marcha de um milhão” que está para ser realizada no dia de hoje na cidade do Cairo, e visa pedir a renúncia de Mubarak.

A Google colocou à disposição dos usuários, três telefones internacionais, onde qualquer pessoa pode deixar uma mensagem de voz, e o sistema se encarrega de twittar a mensagem com a tag #egito.

A Google tem trabalhado no fim de semana com um grupo de engenheiros do Twitter e da SayNow, adquirida pela Google na semana passada para tornar este projeto uma realidade.

Os três números de chamada são: +16504194196 +390662207294 e +97316199855.

Com este sistema você não precisa de internet e os interessados podem ouvir as mensagens ligando para os números de telefone ou mesmo visitar twitter.com/speak2tweet de qualquer lugar do mundo.

Muhammad Hosni Said Mubarak, 82 anos, é um militar egípcio, presidente do seu país desde 14 de outubro de 1981. A partir de sua ascensão na Força Aérea egípcia, tornou-se vice-presidente em 1975 e sucedeu a Anwar Al Sadat, depois que este foi assassinado, em 6 de outubro de 1981.

Da redação do Sempre Tops

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook