Atualizado em: 23 maio 2011

Explosão na fábrica do iPAD

Uma explosão atingiu uma fábrica da Foxconn, empresa responsável pela montagem do iPhone e IPAD da Apple, deixando 16 feridos e três mortos na China.

Foxconn-plant-explosionUma explosão ocorreu às 19h00, hora local de sexta-feira (07.00 horas, do Brasil), na província de Sichuan, em uma fábrica pertencente a uma subsidiária da Foxconn, a Hongfujin Precision Electronics, informou a agência de notícias oficial Xinhua.

Duas pessoas morreram no local, enquanto outras 16 ficaram feridas, três delas gravemente, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Chengdu. Ao meio-dia de ontem, seis dos feridos receberam alta, mas uma das pessoas gravemente feridas não resistiu e morreu.

publicidade:

As investigações policiais preliminares indicam que a explosão pode ter sido causada por poeira combustível em uma oficina para limpeza e apontam para a possibilidade de sabotagem.

A fábrica foi inaugurada em outubro do ano passado, com um investimento de 2 bilhões de dólares, e se dedica à fabricação de dispositivos móveis.

Foxconn, a maior fabricante de eletrônicos do mundo, esteve em destaque no ano passado após uma onda de suicídios em seus complexos da enorme fábrica na cidade de Shenzhen (sul da China), centro da indústria tecnológica do país.

Quatorze trabalhadores, na sua maioria jovens que tinham acabado de chegar à companhia oriundos de outras províncias da China, cometeram suicídio nestas fábricas, onde trabalham  400 mil dos 800 mil funcionários que a empresa tem na China.

O sinistro de sexta-feira, mais uma vez coloca em dúvida as práticas da empresa em relação aos seus empregados, entre outras medidas, como deslocamento de parte da sua produção para outras províncias chinesas, incluindo Sichuan, onde ocorreu o acidente na última sexta.

Há poucos meses, fábricas chinesas que produzem os equipamentos da Apple, e estão sobre a supervisão da empresa criadora do iPhone e iPad, foram denunciadas por graves violações de leis ambientais e trabalhistas.


Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook