Atualizado em: 31 março 2012

Enfermeira do Caso Yorkshire deverá pagar multa de 20 mil

Saiba mais sobre o caso da enfermeira Camila Correira Alves Araújo que matou o cão da raça Yorkshine, ela terá que paga cerca de 20 mil reais Fundo Municipal do Meio Ambiente.
Você Sabia?
Yorkshire terrier, também chamada york e yorkie, é uma raça canina de pequeno porte do grupo dos terriers. De acordo com a Federação Cinológica Internacional, é a raça de padrão 86, inserida no grupo 3, pertencente à seção 4. Inicialmente criada para ser rateira, seus criadores perceberam de cedo o potencia

Camila Correia Alves de Moura Araújo (Foto/Divulgação)

Justiça decreta!

Camila Correia Alves de Moura Araújo, a enfermeira acusada de agredir a matar o cachorro da raça Yorkshine no estado de (GO), pode pagar uma multa no valor de 20 mil reais, com destino ao Fundo Municipal do Meio Ambiente.

Essa proposta foi imposta pelo promotor de Justiça Heráclito D’Abadia Camargo, o promotor fala que “a comoção social provocada pelo lamentável episódio impõe a necessária responsabilização da enfermeira pelos danos morais coletivos causados como forma de desestímulo aos maus-tratos de animais e incentivando conduta diversa, sendo este o objeto da ação”.

publicidade:

Indignação Nacional

O Brasil inteiro ficou sabendo desse episódio que chocou muitos, Camila bateu no cachorro bem em frente a sua filha que é ainda uma criança.  Toda agressão foi gravada por um vizinho que já havia visto outras vezes a mesma agressão, mas dessa vez o cachorrinho não resistiu tantas pancadas e chutes e morreu.

No dia 13 de novembro o vídeo foi divulgado na no site Youtube na internet e gerou uma comoção nacional sobre o caso.

A promotoria recebeu cerca de 401.836 de assinaturas que pediam justiça e que as providências deveriam ser tomadas respondendo por crime ambiental devido às agressões no animal e pelo fato de ter sido em frente a sua filha.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook