Atualizado em: 17 outubro 2013

Discriminar Gays em igrejas não será mais crime - Projeto de Marco Feliciano

Trouxemos informações a respeito do projeto onde discriminar gays não será mais crime.
Você Sabia?
Apesar do texto não falar em gays, o autor da proposta cita na justificativa que crenças religiosas não estão de acordo com a “prática homossexual”.
Discriminar Gays em igrejas não será mais crime ( Foto: Divulgação)

Discriminar Gays em igrejas não será mais crime ( Foto: Divulgação)

A cada dia mais novidades e desmandos por parte dos políticos brasileiros e hoje trouxemos informações a respeito de um projeto de lei que o Deputado Marco Feliciano aprovou que livra templos religiosos de serem punidos por preconceito em relação aos gays. O texto elaborado por um deputado e aprovado pela Comissão de Direitos Humanos dos Deputados e presidida pelo Deputado Feliciano impede que as igrejas sejam criminalizadas ao não permitirem a permanência de gays em seus ambientes e muito menos o casamento de homossexuais.

Esta lei é um regresso a algo que vem sendo uma luta há muitos anos já que tudo que os templos religiosos forem contra não será mais crime, portanto todo mundo que violar os valores, liturgias, doutrinas e crenças destes templos poderão ser banidos e as igrejas não sofrerão nenhuma pena por intolerância religiosa.

publicidade:

O autor da proposta foi o deputado Washington Reis e agora deverá seguir para a Comissão de Constituição e Justiça antes de ir a plenário e ao Senado.

Com este projeto o artigo 20 da lei 7.716 de 1986 que prevê pena de 1 a 3 anos de prisão para quem discriminar por cor, étnica, raça, procedência nacional ou religião.

Este projeto dará o direito a qualquer igreja de proibir os homossexuais de frequentarem os templos e agora resta saber se será aprovada realmente.

Discriminar Gays em igrejas não será mais crime ( Foto: Divulgação)

Discriminar Gays em igrejas não será mais crime ( Foto: Divulgação)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook