Atualizado em: 6 setembro 2011

Cientistas criam besouros espiões que transmitem energia elétrica

Imaginem só, Cientistas da Universidade de Michigan descobrem que os besouros podem ajudar a carregar aparelhos movidos a energia elétrica.

Não há como negar, muitas vezes, em devidas situações de nossas vidas, com certeza, já quisemos ser algum tipo de inseto para estar presente em devidas situações para que enfim, conseguisse saber algo sobre o que estava sendo citado na hora, saber algum tipo de decisão a ser tomada pelo chefe em sua relação e assim vai.

Não aqui no Brasil, por enquanto, mas saibam, cientistas estão descobrindo algumas formas para torna os Besouros, em espiões, já pensou! de acordo com informações, alguns Cientistas da Universidade de Michigan, fizeram alguns testes experimentais, no qual descobriram um método, onde o movimento do corpo do inseto possa gerar energia para recarregar uma bateria.

publicidade:

Sobre a descoberta

No teste em que os cientistas fizeram, foram usados besouros da espécie Cotinis nítida. Em nota pelo site G1, foi dito pelos profissionais que, eles encontraram atados sensores piezoelétricos, nas costas dos Insetos. Resumidamente falando, eles encontraram nos besouros, materiais piezoelétricos, que geram corrente quando são dobrados ou deformados, neste caso, quando eles voam e mexem o seu corpo, é gerada uma energia.

Estas informações, são de Ethem Aktakka, o cientista que fez a descoberta, e não para por ai não leitores, ele criou dois protótipos de carregador, no qual, um deles funciona de forma de um barra, onde, testou em um besouro para obter as questões levantadas, outro foi feito de forma em espiral, testado apenas em laboratório.

Assim como foi citado no início, eles tem como o intuito de fazer com que os besouros espiões, possam nos auxiliar na parte da energia elétrica, pois, o protótipo em barra, instalado no inseto, gerou 7,5 microwatts, enquanto o em espiral gerou entre 18 e 22,5 microwatts, que, segundo os pesquisadores, isso é o suficiente para carregar um pequeno equipamento eletrônico, ajudando a carregá-los quando preciso.

(Aparelhos foram testados no Besouros, causando um bom desempenho, trazendo resultados positivos de energia), será mesmo a evolução da ciência!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook