Atualizado em: 2 dezembro 2013

Caso Joaquim: Como estão as investigações

Novidades no caso do menino que foi assassinado no interior de SP, um crime que sem sombra de duvida chocou o Brasil.
Você Sabia?
Que a investigação operacional nasceu no teatro de operações durante a II Guerra Mundial, quando os Aliados se viram confrontados com problemas.
download (7)

A mãe e o padrasto de Joaquim estão presos temporariamente

Foi concluído através da Polícia Civil toda a reconstituição da noite de sumiço de Joaquim em torno dás 17 horas desta sexta feira passada. O padrasto do menino foi levado para um depoimento e depois disto foi conduzido novamente a prisão em Barretos.

Com isto o delegado responsável por toda a investigação da morte da criança fez uma reconstituição que superou toda a expectativa da polícia. Todas as ruas no entorno foram liberadas para uma cobertura totalmente completa na edição considerada impressa.

publicidade:

Sobre a Reconstituição

De acordo com a reconstituição Guilherme teria voltado para a casa da família depois de ter percorrido pelo menos 17 minutos, em um trajeto que citou ter feito para comprar um entorpecente. Nesta época ele acabou informando que não encontrou os fornecedores e que teria voltado para a casas em torno de 40 minutos depois de ter saído. Com isto a porta da residência teria ficado aberta neste período.

Pouco antes do garoto ter sumido o padrasto teria encaminhado uma mensagem de celular para a sua mãe onde fala que o garoto tria uma apólice de seguros, sem entrar em detalhes relativos ao assunto. De acordo com diversas informações ainda do delegado a polícia ainda busca localizar a seguradora para que possa saber exatamente a quem é relativo este tipo de seguro e quem seriam também as pessoas beneficiadas.

O delegado também teria se reunido como comandante da Polícia Militar para discutir todos os detalhes de reconstituição que serão feitas na casa onde o menino residia. Seu padrasto está preso desde o dia 10 onde depois de mais de uma semana o garoto já estava desaparecido e foi encontrado muitos metros depois na cabeceira de um rio.

Informação

De acordo com os autos a defesa do padrasto teria ingressado com um pedido de habeas-corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo onde ele teria alegado com isto que o principal suspeito de matar a criança poderá até mesmo colaborar com diversas investigações mesmo que estiver liberado. De acordo com o delegado já te tem provas contra Longo e certamente ele será preso.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook