Atualizado em: 13 fevereiro 2014

Bolsonaro na comissão de direitos humanos

O Deputado Jair Bolsonaro está tentando ser o novo presidente da Comissão de Diretos Humanos da Câmara, mas os outros partidos não querem que isso aconteça.
Você Sabia?
Por causa do deputado Marco Feliciano a Comissão de Direitos Humanos ficou mais de um mês sem reuniões diante dos protestos contra o parlamentar.
Os Partidos estão se unindo para evitar que Bolsonaro consiga a Comissão de Direitos Humanos ( Foto: Divulgação)

Os Partidos estão se unindo para evitar que Bolsonaro consiga a Comissão de Direitos Humanos ( Foto: Divulgação)

O deputado Jair Bolsonaro é conhecido pelas atitudes onde ele sempre enfrentou a comunidade gay e outros movimentos sociais e agora ele terá dificuldade para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Bolsonaro está em seu sexto mandato e é um homem que tem causado polêmica por ser defensor da ditadura, do rigor na educação dos filhos e se diz um fervoroso defensor da família tradicional. O governo e o PT estão tentando impedir que Jair Bolsonaro seja o novo presidente da Comissão de Diretos Humanos da Câmara principalmente por causa dos problemas causados pelo deputado Marco Feliciano

Como funciona a indicação de Bolsonaro

Os partidos que tem as maiores bancadas tem o direito de escolher as comissões que querem presidir e o PT está de olho na Comissão de Constituição e Justiça que é a mais importante já que todos os projetos da Câmara passam por ela. O PT é o primeiro a escolher e tem direito a três. Já o PP tem o direito a escolher uma comissão e pode ser a de Direitos Humanos se os outros partidos que possui mais poder de escolha não pegar e muitas articulações estão sendo feitas para evitar isso. Por causa desta possibilidade houve protesto ontem no corredor da presidência da Câmara de Direitos humanos e Bolsonaro reagiu batendo boca com as estudantes da União da Juventude Socialista

publicidade:

Vejam abaixo uma frase do deputado Jair Bolsonaro.

“A comissão, com Feliciano, teve muita visibilidade. É bom para mim, para os outros integrantes, especialmente em ano eleitoral. Temos bandeiras que são de interesse de quem tem vergonha na cara.” Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook