Atualizado em: 13 outubro 2011

Blackberry fora do ar pelo terceiro dia

Milhares de clientes na Europa, Oriente Médio, África e Índia ficaram com o serviço BBM fora do ar. Nesta quarta foi a vez de Chile, Argentina e Brasil.

Cliente da RIM tenta acessar o BBM sem sucesso

Milhões de usuários do BlackBerry em todo o mundo ficaram sem o serviço de comunicação de texto pelo terceiro dia consecutivo, enquanto que a Research in Motion (RIM) tenta resolver o que ela descreveu como um problema no seu switch de rede privada.

Milhares de clientes na Europa, Oriente Médio, África e Índia sofreram com problemas no serviço de e-mail e ficaram sem acesso à Internet e sem poder enviar ou receber mensagens.

publicidade:

O dificuldades técnicas podem prejudicar uma empresa que tem perdido sistematicamente sua quota de mercado para a Apple e a Samsung.

A RIM chegou a anunciar na terça-feira (11) que os serviços voltaram ao normal, mas hoje voltou atrás e informou que os problemas persistiram e ainda se espalharam para Chile, Argentina e Brasil.

Esta interrupção do serviço se torna a pior desde o apagão que afetou a América do Norte há dois anos, e ocorre há poucos dias da Apple trazer ao mercado na próxima sexta-feira (14) o seu iPhone 4S,

Muitas empresas que não consideram necessário pagar para ter o serviço de e-mail seguro da RIM, começaram a permitir que seus funcionários usem smartphones alternativos para o e-mail corporativo, tais como o iPhone da Apple.

A RIM entrou com força no mercado adolescente e jovem, usando como atrativo o seu serviço gratuito BlackBerry Messenger (BBM), compensando parcialmente as perdas no mercado corporativo. Mas os novos produtos, como o seu tablet PlayBook, tiveram uma recepção muito aquém do esperado.

Após uma série de resultados trimestrais sombrios e um declínio no preço de suas ações, alguns investidores pedem a divisão, venda ou ainda a troca dos administradores da empresa, enquanto os rivais da empresa continuam avançando a passos largos.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook