Atualizado em: 12 abril 2013

Anatel Bloqueará Celulares “Ching Ling” e Importados Irregularmente

Segundo nova norma da Anatel, os celulares piratas não serão homologados pela agencia, que vai desenvolver um programa para que possa ser bloqueado estes tipos de celulares.
Você Sabia?
Segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a importação de celulares no Brasil cresceu mais de 160% entre 2007 e 2011. Com isso o valor passou de US$ 375 milhões para US$ 987 milhões.
Aparelhos Piratas 01

Com nova medida, Anatel Bloqueará Celulares “Ching Ling” e Importados Irregularmente para dar fim a pirataria. (Reprodução)

A medida da Anatel começou no ano de 2000, sugerindo que as operadoras de telefonia, não permitissem linhas ativas em celulares falsificados.

Tomando como medida o cancelamento da linha e o impedimento através de bloqueio de aparelho, de seu uso, porém esta medida com penalidades atualmente está em vigor, com apresentação de soluções por parte das operadoras até o inicio de 2014.

publicidade:

Os aparelhos

A punição é direcionada a consumidores, fabricantes e vendedores que sejam coniventes com a ação irregular, com multas que variam de cem reais até três milhões de reais, dependendo da gravidade da infração.

A inicial recomendação se tornou obrigatória, por não preencher os padrões técnicos obrigatório, estipulados pela agencia, sendo a maior parte das reclamações por quedas indevidas de chamadas, originadas pelo aparelho irregular não certificado.

Estes aparelhos irregulares forçaram a queda dos aparelhos homologados, além da concorrência entre operadoras, por não fabricar aparelhos que suportem mais de um chip, sendo os aparelhos irregulares com configuração para dois e quatro chips ao mesmo tempo. De acordo com a Anatel, vinte por cento dos celulares atualmente são clandestinos, e a porcentagem somente dos celulares pré-pagos, chega a quarenta por cento dos usuários, ainda há estatísticas de que menos de um por cento dos celulares roubados continuam ativos quando os mesmos deveriam ser bloqueados.

São mais de cento e vinte bilhões de reais perdidos pelos fabricantes oficiais, anualmente no comercio, sendo o Brasil com perda de um bilhão. Há uma interrogativa de analistas sobre este assunto, sendo alguns celulares importados que ainda não tiveram seus lançamentos no Brasil, como as operadoras poderiam distinguir seus números de IMEI, diferenciando original e cópia sem a devida regularização no país. Atualmente somente a operadora TIM, disponibiliza aparelho com entrada para dois chips, esta iniciativa deve ser tomada por outras operadoras para evitar a procura por aparelhos falsificados.

Essa baixa qualidade oferecida pelos aparelhos irregulares, não impediu a forte movimentação do mercado, estes aparelhos continuam sendo fortemente procurados devido aos baixos preços e diversos benefícios como câmeras mais potentes, sinal de televisão e outros tantos, que não possuem nos aparelhos oficialmente legalizados.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook