Atualizado em: 22 agosto 2011

Alunos não fazem faculdade e vão direto para o Mestrado

Um caso atpico de três alunos, que conseguiram pular a fase da graduação e já estão fazendo o mestrado primeiro.

Fazer um curso de graduação é o que a grande maioria gostaria de fazer ao sair da escola. Mas como disse, trata-se de uma grande maioria, porque por mais que você saiba agora, há possibilidade de uma pessoa pular a graduação e ir direto ao mestrado. Um caso estranho, mas que é possível é. E para comprovar, podemos ter de exemplo, três casos de garotos que estão seguindo essa experiência, e que fora mostrada e divulgada pelo site do IG.

renan+mateus+hugo

Renan, Mateus e Hugo

São eles: Hugo Fonseca Araújo, de 19 anos, ainda no 2º ano da faculdade, já está no mestrado. Renan Henrique Finder, da mesma idade, iniciou primeiro o mestrado em 2010 e só este ano entrou na graduação. O caçula Matheus Seco, 18, está no 1º ano do curso superior, mas já dá aulas em cursinho.

publicidade:

Esses três são casos de exceções, no qual, significa que não é qualquer um que pode chegar no curso de mestrado e querer se inscrever. E nem é o caso deles, porque eles só estão nessa etapa devido a excelência nos estudos que os acompanham desde quando eram mais novos.

Os três sempre participaram de Olimpíadas Brasileiras de Matemática ou representantes do Brasil em competições internacionais. No caso de Renan, ele participou das Olimpíadas Brasileiras de Matemática desde a 6ª série, quando se mudou para Joinville com a família. Desde então, era convidado para a reunião anual de medalhistas no Rio de Janeiro e foi em uma delas que ouviu falar pela primeira vez na possibilidade de avançar nos estudos e iniciar pesquisas na área.

Em 2009, prestou a primeira fase do vestibular na Universidade de São Paulo (USP) e na Universidade de Campinas (Unicamp), mas foi convidado a ingressar no Impa e se mudou para o Rio antes mesmo da segunda etapa do processo seletivo nas instituições paulistas, em janeiro de 2010. E só em 2011 começou a graduação.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook