Atualizado em: 1 abril 2011

Menor Aprendiz 2011

O Programa Menor Aprendiz foi criado pelo governo federal brasileiro e dá a chance de trabalho para jovens que ainda não tem experiência para certos tipos de empresas. A dificuldade de conseguir um bom emprego está cada vez mais difícil e os jovens relatam que é a falta de experiência que atrapalha. Mas o problema é que as empresas não dão oportunidade de se conseguir a tal da experiência.

É um contrato especial, diferenciado, onde há um prazo determinado em que o empregador assegura o aprendiz que deve ter mais de 14 e menos de 24 anos. Esse trabalhador deve ter uma carga horária de no máximo 6 horas por dia. Com horas extras e prorrogações, a jornada pode chegar no máximo à 8 horas.

publicidade:

O contrato não pode ser estipulado por mais de 2 anos. Em uma empresa deve haver no mínimo 5% de espaço para os aprendizes e para no máximo 15 %. Essa empresa deve estar cadastrada no Programa Menor Aprendiz. Os adolescentes priorizados são os que tem idade entre 14 e 18 anos. São eles que conseguem as vagas primeiramente, por que são mais difíceis deles conseguir algo no mercado.

Para maiores informações consulte instituições trabalhistas e empresas que já tenham alguns aprendizes trabalhando.  As empresas devem matricular e empregar os alunos nos cursos dos Serviços Nacionais de Aprendizagem (SESI, SENAI, SENAC, etc). Fique ligado e garanta já a sua vaga no mercado tão concorrido.

E há quem diga que quanto mais cedo, melhor para se aprender e entrar no mercado de trabalho. Para os jovens, uma boa opção para adentrar no mercado de trabalho é o programa Menor Aprendiz.

Muitas empresas tem ofertado uma série de vagas para jovens de todo Brasil. Para, isso, é fundamental que você fique atento aos processos seletivos que acontecem durante todo o ano.

O programa Menor Aprendiz oferece ao jovem a possibilidade de aprender uma profissão e adentrar mais cedo ao mercado de trabalho. E o jovem ainda é remunerado para o trabalho.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook