Atualizado em: 28 dezembro 2010

Vencedores do Grammy Latino 2010

Assim como o cinema, a música mundial também tem o seu grande prêmio: O Grammy Awards. Grammy Award é o mais prestigioso prêmio da indústria musical internacional, presenteado anualmente pela National Academy of Recording Arts and Sciences dos Estados Unidos da América, honrando conquistas na arte de gravação musical e provendo suporte à comunidade da indústria musical.

publicidade:

A National Academy of Recording Arts and Sciences, ou somente NARAS, é a única associação a homenagear tanto o âmbito de conquista artística, como também a proficiência técnica e a excelência na indústria musical, sem se importar com as vendas de álbuns ou os resultados nas paradas de sucesso.

Além do Grammy Awards, existe também o Grammy Latino que visa premiar os melhores artistas latinos. Nesse ano de 2010 os vencedores foram:

Álbum do ano: A Son de Guerra, do dominicano Juan Luis Guerra

Canção do ano: Mientes, Mario Domm e Mónica Vélez (do grupo mexicano Camila)

Gravação do ano: Mientes (Camila), Mario Domm, Gabriel Castañon e Benny Faccone

Melhor álbum de música rancheira: Necesito de ti, de Vicente Fernández

Melhor canção regional mexicana: Amarte a la antigua, de Yoel Henriquez e Paco Lugo para Pedro Fernández

Melhor álbum tropical contemporâneo: A Son de Guerra, de Juan Luis Guerra

Melhor canção tropical: Bachata em Fukuoka, de Juan Luis Guerra

Melhor novo artista: o cubano Alex Cuba

Melhor álbum vocal pop feminino: Mi Plan, da canadense Nelly Furtado

Melhor álbum vocal pop masculino: Paraíso Express, do espanhol Alejandro Sanz

Melhor álbum vocal pop dupla ou grupo: Dejarte de Amar, de Camila

–  Melhor álbum cristão (em espanhol): Tienes que creer, de Mónica

Melhor álbum cristão (em português): Na extremidade, de Marina de Oliveira

Melhor álbum de jazz latino: Sambolero, do grupo brasileiro João Donato Trio

Melhor álbum pop contemporâneo brasileiro: Bom Tempo, de Sérgio Mendes

Melhor álbum de rock brasileiro: Camisa 10 Joga Bola Até na Chuva, de Charlie Brown Jr.

Melhor álbum de samba/pagode: Tô Fazendo a Minha Parte, de Diogo Nogueira

Melhor álbum música popular brasileira: Banda Dois, de Gilberto Gil

Melhor álbum de música sertaneja: Double face, de Zezé di Camargo e Luciano

Melhor álbum de música de raízes brasileiras: Fé na Festa, de Gilberto Gil

Melhor canção brasileira (em português): Tua, de Adriana Calcanhotto

Melhor vídeo musical versão curta: Bien o Mal (Julieta Venegas). Agustin Alberdi, diretor, e Nicolas Cabuche, produtor

Melhor vídeo musical versão longa: Una noche común y sin corriente (Voz veis). Néstor Moure, diretor, e Andrés Guanipa, produtor

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook