Atualizado em: 20 fevereiro 2009

Marchinhas de Carnaval

Abaixo separamos algumas marchinhas de carnaval, para aquelas pessoas, que tem saudades dos velhos tempos em que o carnaval não tinha toda essa competição entre escolas, com enredos e letras mais inocentes, mas que faziam a alegria de muita gente.

Vírgula

Teu amor é fatal - vírgula
Qual mulher sensacional - ponto e vírgula
Queres dar teu coração - interrogação
Que pecado original - exclamação

Teu amor é fatal - vírgula
Qual mulher sensacional - ponto e vírgula
Queres dar teu coração mas comigo não
Ponto final

Teu amor entre aspas
Já consegui descrever
Reticências reticências
Agora adivinhe o que eu quero dizer

Chik Chik Bum

Chik chik chik chik chik bum!
Chik chik chik chik chik bum!
Pare o bonde, pare o bonde
Que inda vai entrar mais um

Quando eu pego o bonde errado
Vou até o fim da linha
E pra desfarçar as mágoas
Vou tocando a campainha
Outro dia eu distraí
Passeando com meu bem
Peguei o estrada de ferro
Pensando que fosse um trem

Antônio Almeida, 1941

Flor Tropical

Foram lá fora buscar
Como atração singular
Dona Chiquita da Martinica
E a espanhola de xale e castanhola
Mas morena trigueira
Que tem diploma e cartaz
Pôs a Chiquita e a espanhola
No chinelo pra nunca mais

Ó morena moreninha
Flor do jardim tropical
És de direito e de fato
A rainha do meu carnaval 

Ary Barroso -1950

A Jardineira

Ó jardineira porque estás tão triste
Mas o que foi que te aconteceu
Foi a camélia que caiu do galho
Deu dois suspiros e depois morreu

Vem jardineira vem meu amor
Não fiques triste que este mundo é todo seu
Tu és muito mais bonita 
Que a camélia que morreu

Benedito Lacerda-Humberto Porto, 1938

A Mulata é a Tal

Branca é branca preta é preta
Mas a mulata é a tal, é a tal!

Quando ela passa todo mundo grita:
"Eu tô aí nessa marmita!"
Quando ela bole com os seus quadris
Eu bato palmas e peço bis

Ai mulata, cor de canela!
Salve salve salve salve salve ela!

Braguinha-Antônio Almeida, 1947
Se você é um apaixonado por marchinhas de carnaval, você pode encontrar mais alugmas dela, no site vagalume.uol.com.br

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook