Atualizado em: 24 fevereiro 2014

Camaro Amarelo: Vídeo e letra da música

Se você gosta da música Camaro Amarelo, veja aqui, o vídeo e letra da música que selecionamos aqui.
Você Sabia?
O Camaro é um dos carros mais caros da marca Chevrolet. Lançado em 1967, na qual a sua produção vendeu um total de 220.906 carros, o modelo já passou por várias gerações. Chamado também de 1st Generation, este modelo é um belo coupé esportivo de porte médio e que muitos tem vontade de ter.
Camaro Amarelo Vídeo e letra da música

Camaro Amarelo um carro que é o desejo de muita pessoas, sem duvida chama muitas atenção.

Hoje em dia, as letras das músicas sertanejas estão inovando cada vez mais, e os cantores estão se dedicando muito as suas canções, fazem letras que se relacionam não apenas com as pessoas, mas envolve também palavras direcionadas ao luxo, algo como a canção Camaro Amarelo da dupla “Munhoz e Mariano”!

O hit do momento

Antes, os cantores era, fissurados por picapes, em muitas das letras, o nome Hilux, Dodge Ram e outras mais, faziam a cabaça dos fãs, mas a moda agora é outra, a música Camaro Amarelo” é quem está se destacando.

publicidade:

De acordo com a dupla Munhoz e Mariano, autora do hit dedicado ao superesportivo da Chevrolet, está canção, lançada a pouco tempo, tem feito muito sucesso, sem contar que o clipe oficial atingiu 1 milhão de visualizações, confira a seguir!

Clipe Oficial da Música Camaro Amarelo

Letra da Musica Camaro Amarelo

Agora eu fiquei doce, doce, doce, doce
Agora eu fiquei dodododo doce, doce

Agora eu fiquei doce, doce, doce, doce.
Agora eu fiquei dodododo doce, doce.

E agora eu fiquei doce igual caramelo,
To tirando onda de Camaro amarelo.
E agora você diz: vem cá que eu te quero,
Quando eu passo no Camaro amarelo.

Quando eu passava por você,
Na minha CG você nem me olhava.
Fazia de tudo pra me ver, pra me perceber,
Mas nem me olhava.

Aí veio a herança do meu “véio”,
E resolveu os meus problemas, minha situação.
E do dia pra noite fiquei rico,
“To” na grife, “to” bonito, “to” andando igual patrão.

Agora eu fiquei doce igual caramelo,
To tirando onda de Camaro amarelo.
E agora você diz: vem cá que eu te quero,
Quando eu passo no Camaro amarelo.

E agora você vem, né?
Agora você quer.
Só que agora vou escolher,
Tá sobrando mulher.

E agora você vem, né?
Agora você quer, ha.
Só que agora vou escolher,
Tá sobrando mulher.

Quando eu passava por você
Na minha CG você nem me olhava.
Fazia de tudo pra me ver, pra me perceber,
Mas nem me olhava.

Aí veio a herança do meu “véio”,
E resolveu os meus problemas, minha situação.
E do dia pra noite fiquei rico,
“To” na grife, “to” bonito, “to” andando igual patrão.

Agora eu fiquei doce igual caramelo;
“To” tirando onda de Camaro amarelo.
Agora você diz: vem cá que eu te quero;
Quando eu passo no Camaro amarelo.

E agora você vem, né?
Agora você quer.
Só que agora vou escolher,
“Tá” sobrando mulher.

E agora você vem, né?
Agora você quer.
Só que agora vou escolher,
“Tá” sobrando mulher.

Agora eu fiquei doce igual caramelo;
“To” tirando onda de Camaro amarelo.
E agora você diz: vem cá que eu te quero,
Quando eu passo no Camaro amarelo.

E agora eu fiquei doce, doce, doce, doce.
E agora eu fiquei dodododo doce, doce.

E agora eu fiquei doce, doce, doce, doce.
E agora eu fiquei dodododo doce, doce.

Composição: Marcia Araujo / Thiago Machado / Bruno Caliman / Marco Aurelio

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook