Atualizado em: 8 março 2013

O que é Fast Fashion: Quais as Diferenças nas Coleçôes

Entenda melhor o que é, e veja as diferenças que atraem a moda neste termo que é bastante usado no mundo para aquelas liquidações que possuem uma produção rapida.
Você Sabia?
Traduzido para o Português, o "Fast Fashion" significa "Moda Rápida", e é usado por grandes redes no mundo.
O fast fashion revolucionou as industrias têxteis em propor a fabricação das peças de interesse do consumidor. (Reprodução)

O fast fashion revolucionou as industrias têxteis em propor a fabricação das peças de interesse do consumidor. (Reprodução)

Ver um modelo de estilo na passarela e aguardar ate que ele seja fabricado, algumas vezes é uma eternidade a se esperar, além das peças que são apresentadas nas coleções e não são vendidas posteriormente por baixa procura pelo consumidor ou quando o consumidor aguarda a liquidação para adesão da peça que pode ser cara.

Como assim?

As coleções que são lançadas periodicamente trazem peças e combinações de estampas e cores, e somente a demanda de pedidos vai definir a maior produção da peça, por exemplo, short e blazer podem ser produzidos em diferentes escalas, se o modelo do short agrada mais que o modelo do blazer, somente o short terá produção para a venda. No fast fashion, as peças são produzidas exatamente de acordo com as vendas, as coleções desenhadas são totalmente vendidas porque são criadas de acordo com a direção de consumo, ou seja, cria-se somente o que se vende.

publicidade:

Diferenças

As peças produzidas no fast fashion surgem das peças que serão somente de consumo com adaptações de materiais mais baratos, por exemplo, uma peça em couro que sairia caríssimo na coleção, é substituída por um tecido semelhante, barateando a peça. São coleções criadas constantemente, com intervalos de semanas ou dias, comparando-se a nova filosofia ao fast food, o cliente quando chega ao caixa ele já sabe exatamente o que quer comer, ele escolheu com antecedência seu pedido de acordo com a sua vontade, o fast fashion, funciona da mesma forma, o consumidor escolhe exatamente o que quer dentro das coleções e recebe uma demanda de derivações daquela coleção que mantém a produção rápida e continua tornando a moda acessível para todos.

As lojas de departamento, como C&A e Marisa, são adeptas do novo modelo de varejo, um tempo limite é imposto para a venda das peças, ao atingir este limite, as peças que não foram vendidas, são retiradas e uma nova coleção ganha espaço, por isso quando encontramos uma peça que nos agrada, quando não compramos naquele momento, há um pequeno risco da semana seguinte ela não estar mais disponibilizada para venda.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook