Atualizado em: 28 abril 2010

Terremoto no Amazonas


Veio da terra de árvores densas e reino animal diversificado o maior terremoto noticiado no Brasil desde 2007. Foi no Amazonas que a terra tremeu em 4,9 graus na escala Richter, enquando um terremoto em Caraíbas (MG) tirava a primeira vida por causa de terremoto no país.

Os tremores dos abalos foram sentidos no extremo oeste do Amazonas, no limite com o Peru, chegando a afetar, sem muitos danos materiais e vítimas, os moradores de Cruzeiro do Sul localizada no Acre.

publicidade:

Conforme o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), por causa da perda de uma vida humana, o tremor em Minas foi o pior do País,  onde o tremor  também teve magnitude 4,9. Mas ainda não superou o mais intenso terremoto registrado, que  ocorreu em Mato Grosso, em 1955, com 6,2 graus.

Segundo estudiosos, o abalo sísmico do norte do país foi de  intensidade média, alcançando  profundidade de 17 km. E por ter acontecido em lugar de mata densa, os efeitos graves foram amortecidos. Caso o lugar do abalo fosse urbanizada, as seqüelas seriam muito graves.

Estudiosos ainda confirmam que abalos de magnitude 5 sempre ocorrem no Brasil com o ciclo de cinco anos, ou seja, o Brasil é um país que recorrentemente tem essa variação da natureza.

Isso acontece por que o Brasil está situado no interior da placa tectônica da América do Sul, onde as rochas ajudam na propagação de tremores. São as condições naturais mais a ação devastadora do homem sobre o meio ambiente que tornam todo esse tremor favorável a acontecer.

Com isso, a energia das ondas trazidas pelos abalos se dissipa mais devagar do que nos limites de placas, onde as rochas são fragmentadas e diminuem os efeitos dessas ondas de energia.Os  moradores de Cruzeiro do Sul  sentiram o abalo por fração de segundos, o que ajudou a não causar pânico.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook