Atualizado em: 26 outubro 2012

Mudanças no Vinagre a base de Álcool

Nova adequação do Ministério da Agricultura, coloca mudanças, e Vinagres com alcool escuro não serão mais vendidos no país, que corresponde a metade do mercado nacional. Saiba mais sobre estas mudanças!
Você Sabia?
São mais de 200 milhões de litros de Vinagre com alcool produzidos por ano.

Você precisa ficar atento as Mudanças no Vinagre a base de Álcool que você pode usar. (Divulgação)

A partir de outubro de 2012 o nosso vinagre passará por algumas modificações. A Instrução Normativa nº6 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento estabeleceu alguns padrões de qualidade e também de identidade, fora as novas denominação para Vinagres.

Segundo a ANAV- Associação Nacional das Indústrias de Vinagres, tudo está diretamente ligado aqueles vinagres que possuem o álcool como base principal (ou seja, cana de açúcar), que hoje em dia totaliza aproximadamente 90% de todo o volume que é comercializado aqui em nosso país.

publicidade:

Modificações

Os dois tipos presentes de vinagre de álcool (Vinagre de álcool escuro e vinagre de álcool claro) irão passar pelas seguintes modificações:

– O Vinagre de álcool claro terá que se chamar Vinagre de álcool colorido, que terá  uma escala de cor de acordo com a quantidade presente de corantes que há no produto. Ficará a critério dos fabricantes determinarem qual será a cor dessa escala (corante caramelo).
– Os Vinagres que são o tipo AGRIN (são aqueles que tem em sua constituição 90% álcool e 10% vinho) estão com sua produção proibida aqui no Brasil, tendo ficado o prazo para a ultima fabricação para o dia 05 de outubro de 2012.
– Vinagre de álcool escuro: muito semelhante ao vinagre de vinho tinto, aqui em nosso país correspondia cerca de 55% de vendas. Tal produto não existirá mais e tem a mesma data citada acima, 05 de outubro para sua fabricação final.

Não se assuste ao ver qualquer um dos citados acima nas prateleiras dos mercados. Os mesmos estão com a venda permitida até o final do estoque. Segundo a ANAV, os estoques deverão perdurar até o final de outubro de 2012.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook