Fotos e Nomes de Cobras

 

Causadoras desde fascinação em diversas áreas acadêmicas até de fobias, as cobras não possuem veiculação de informações a seu respeito muito adequadas. Ainda recheadas de mitos, as características de cada espécime transmitidas dificilmente são passíveis de verificação, o que torna o estudo desses animais uma tarefa ainda mais complexa para quem já não está inserido na profissão. Confira algumas peculiaridades e fotos de espécies comuns no Brasil neste artigo.

O Bothrops alternatus tem seu habitat em montes, lugares úmidos ou mesmo alagadiços. Alimenta-se de roedores, podendo chegar até 1,5 metro de comprimento. Existente em várias regiões da América do Sul, no Brasil, a espécia se situa no sul.

A Jararaca, por possuir enorme capacidade de adaptação, pode ocupar áreas silvestres, urbanas, agrícolas e suburbanas. Possui maior frequência de aparição na faixa desde a Bahia até o Rio Grande do Sul. Com comprimento médio de 1 metro, suas ninhadas produzem cerca de 35 filhotes.

A Bothrops jararacuçu, assim como a jararaca, apresenta-se mais incidente na faixa territorial da Bahia ao sul do país. Quando em fase jovem, apresenta pele em tom castanho, evoluindo para manchas pretas sobre fundo amarelo em sua fase adulta.

A Micrurus, conhecida como coral verdadeira, se apresenta em várias parte do mundo. Pertencente à família Elapidae, este gênero de cobra possui formato cilíndrico, sendo recoberta por escamas brilhantes, olhos pequenos e sua cabeça apresenta formato oval. Existem mais de 250 espécies do animal registrados.