Atualizado em: 15 junho 2012

Autorização para ter Animais Silvestres em Casa

O tráfico de animais silvestres é uma das coisas mais preocupantes para nosso planeta, que tem levado-os a extinção. O tráfico de animais silvestres é crime e o sujeito pode ser autuado com multas, de acordo com a quantidade de espécies raptadas e prisão de até um ano.
Você Sabia?
Tráfico de Animais já aconteciam desde a época dos colonizadores, que ao verem animais exóticos de outras terras, levavam-no para junto de suas civilizações.
Animais Silvestres em casa.

Camaleão, uma das espécies silvestres.

Ter animais em casa é uma coisa boa, pois eles “mudam” o ambiente, onde quer que seja. Mas obviamente animais domésticos, ou seja, próprios para se ter ao lado sem problema algum, como cachorros, gatos, entre outros. Algumas pessoas tem maneiras diferentes e adotam um animal diferente do que costumamos ver: Animais silvestres. Para ter um animal silvestre é necessário ter autorização ambiental.

Por que não ter animais silvestres em casa

Cada ser, como na natureza, tem seu papel, seu comportamento de acordo com sua espécie e habitat. Não só animais como também plantas sofrem se tiradas de seu meio, importantes para seu desenvolvimento. Fazendo isso, tira-lhes não só a liberdade, como também costumes que tinham ou teriam de acordo com sua natureza. Além do mais, há perigos quanto a saúde e doenças do animal que podem ser passadas facilmente ao ser humano, principalmente crianças, que são mais sensíveis. Animais silvestres e selvagens não “nascem” domesticados. É de sua natureza, quando ameaçados, avançarem no indivíduo.

publicidade:

Eles são necessários para o papel de manter a natureza equilibrada. É cada um precisando do outros, plantas precisam dos animais, assim como, eles e nós, humanos precisamos dela para nosso oxigênio.

O tráfico de animais silvestres.

Tráfico de animais silvestres em feira de Paraíba.

Como é feito o tráfico de animais

Não tem exatamente um grupo exato que faça isso. Algumas vezes não é feito em grupos, mas individualmente. Ou seja, o sujeito começa capturando animais silvestres e diferentes, ganhando alguns trocados pelo ato. Conforme essa ação vai se ampliando, é feito negociações e até transportação desses animais para outros Estados e até mesmo outros países. São oferecidos também a turistas. Muitos desses animais, durante a viagem, não chegam ao seu destino. De acordo com o GreenPeace, a cada um animal vendido, nove morrem.

Animais legalmente registrados

Segundo o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), só é crime ter animais silvestres quando este é capturado de seu habitat, quando é comprado em estradas, cativeiros ou quando não se sabe a origem do animal. É legal quando comprados em comércios quando este tiver o registro do IBAMA. Não é correto tentar legalizar o animal bem depois; a captura, a venda ou a compra já havia sido feita.

Para conseguir um animal silvestre, é necessário entrar em contato com o IBAMA e/ou exigir o registro do qual, em algum comércio. O vendedor deverá mostrar a Nota Fiscal de registro e comprovação da venda legal. Animais silvestres, mesmo que diferentes em ocasiões de animais domésticos, também tem necessidades como qualquer outro: atenção, alimento e, dependendo do animal, cuidados especiais, por isso uma responsabilidade que o comprador deverá ter consciência.

Lembre-se!

O contrabando de animais silvestres é crime e a pena é detenção de seis meses a um ano, com multa, que varia de R$3.000, 00 a R$5.000,00, por espécie. Respeite a natureza e seus presentes, pois como eles, nós queremos também ser respeitados.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook