Atualizado em: 26 março 2013

Animais Selvagens encontrados na Amazônia

Atualmente os Animais selvagens e tribos indigenas da Amazônia estão sendo cada vez mais ameaçados devido a exploração.
Você Sabia?
Que a Amazônia é uma das três grandes florestas tropicais do mundo e a maior floresta delas, enquanto perde em tamanho para a taiga siberiana que é uma floresta de coníferas, árvores em forma de cones, os pinheiros.
oncas-pintadas

A floresta amazônica é a única responsável por abrigar animais silvestres das mais variadas espécies

A Amazônia é a maior área de floresta tropical da terra e serve como um dos últimos refúgios da vida selvagem dos animais. As estimativas de número total de espécies variam entre 800 mil e 30 milhões.

Nenhum outro lugar do mundo chega a esse patamar, a grande biodiversidade está sujeita a variações climáticas e deve se adaptar a dois períodos bem definidos para sobreviver a selva.

publicidade:

A Onça

Com maior dificuldade de conseguir alimento na floresta, a onça-pintada na Amazônia é menor que a do Pantanal. O felino possui um papel importante no ecossistema, que é de selecionar naturalmente as presas mais fáceis de serem abatidas, que em geral são indivíduos inexperientes, doentes ou mais velhos.

Isso pode resultar como beneficio para a própria população de presas. Mas os fazendeiros abatem esses predadores para proteger os seus rebanhos. O desmatamento e fragmentação do habitat são outras ameaças que contribuem para a diminuição da população da espécie.

O Jacaretinga

Ele é encontrado na Amazônia, quando os pequenos se alimentam de insetos, sapos e outros animais menores. Na fase adulta mudam sua dieta, e passam a se comer basicamente peixes. Possuem uma maneira preguiçosa de pescar, abrindo a boca contra a correnteza e esperam o peixe cair goela a baixo.

Informação

Quando ocorre a seca, mais ou menos, no mês de maio á setembro, algumas árvores perdem as folhas para economizar água mostrando os macacos-aranhas que lutam para buscar os frutos. O nível dos rios baixa expondo barracos onde o saí-andorinha irá construir o seu belo ninho. Borboletas aproveitam os bancos de areia para pegar nutrientes necessários para a reprodução. A anta desesperada por água procura pequenas poças dentro da mata. Mas se ela não encontrar nada, se arrisca na beira do rio, onde a onça-pintada está espreitada. Essa época é de puro sofrimento aos animais.

Mas depois que tudo parece que vai arder em chamas, chega à temporada de chuvas, que é de outubro a abril, trazendo água tão essencial para a vida. É a época de frutas. As saíras, tucanos, araras e macacos se fartam de tanta comida. Dentro da mata, os sapos venenosos tentam achar parceiros para acasalar enquanto as cobras procuram lugares mais elevados para fugir da água que começa a inundar a floresta. Ai que surge as borboletas novamente, anunciando o final da chuva e o recomeço de um novo ciclo na floresta

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook