Atualizado em: 28 novembro 2013

Animais Idosos: Cuidados Necessários

Todos os animais idosos têm o direito de receberem cuidados especiais e proteção até o final de sua vida, portanto veja mais informações importantes abaixo.
Você Sabia?
Que a teoria mais aceita afirma que a primeiras espécies de cães domésticos se estabeleceram por volta de 8.000 A.C.
cao-idoso-8933

Cachorro idoso requer atenção especial e cuidados para uma vida tranquila.

Nossos animais de estimação estão cada vez mais bem cuidados e felizes, e isso faz com que eles vivam mais.

Hoje em dia, precisamos aprender a cuidar dos nossos animais quando eles são idosos, pois seus hábitos, sua energia e sua saúde mudam, assim como acontece com a gente.

publicidade:

Leve-o ao Veterinário com Mais Frequência

Animais idosos costumam sofrer muito de alterações cardíacas (tosse e respiração ofegante são sintomas); problemas ortopédicos (principalmente em grandes animais, eles podem começar a ter dificuldade para se levantar e andar); insuficiência renal (maior causa de morte em gatos idosos e cachorros de pequenos portes idosos. Sintomas são: perda de apetite, emagrecimento rápido, estar sempre bebendo água e fazendo xixi) e disfunção cognitiva (lentos, distantes, regressão – começam a “desaprender” tudo que aprenderam antes).

Mude a Alimentação

Animais idosos devem ter uma ração, ou uma dieta, diferenciada. Dê rações seniores, ou alimentos ricos em ômega-3, zinco, proteínas e fibras, e nada de alimentos ricos em gordura, eles têm um fígado mais “cansado” e que pode piorar se precisar processar muita gordura.

Deixe-os em Paz

Dê ao seu animal uma velhice tranquila, seja paciente com suas novas manias, com os problemas de visão que o fazem trombar nos móveis ou com o fato de que muitos deles parecem querer dormir mais do que tudo. Deixe ele ter seu canto, e não o deixe sempre em contato com muitos estímulos. Não force exercícios demais ou remédios demais no seu animal, deixe-o relaxar.

Dica:

Você não deve deixar de exercitar seu animal idoso, continue fazendo-o passear ou brincar. Em caso de cachorros, leve-os para passear nos horários mais frescos e siga seus limites. Em caso de gatos, tente atiçar sua curiosidade com brinquedos, o laser vermelho ainda funciona.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook