Atualizado em: 21 janeiro 2011

Vírus a solta no Twitter

Tudo bem, o título foi mais chamativo do que deveria ser. Na verdade é um worm, que não deixa de ser um tipo de vírus.

publicidade:

O tal do worm é bem esperto e usa o serviço de encurtamento de endereços do Google, o goo.gl, para redirecionar as vítimas para outro endereço onde é exibida uma mensagem de um falso aviso de segurança, dizendo que o sistema está executando aplicações suspeitas.

Segundo a Google, o “goo.gl é um serviço que armazena URLs longas e as comprime em menos caracteres para um link mais fácil de compartilhar, postar em um tweet ou enviar por e-mail aos amigos. Os objetivos principais deste serviço são: estabilidade, segurança e velocidade”.

A partir daí, a vítima é convidada a fazer uma varredura para procurar vírus na sua máquina, só que a tal varredura, na verdade é a instalação do próprio vírus.

O worm é bastante complexo, se valendo de vários redirecionamentos, passando até por servidores registrados na Ucrânia, até que chega a sua fonte, que já um endereço IP bem conhecido das empresas de antivírus. Este endereço é contumaz em usar esta técnica para levar usuários a pensarem que estão instalando um antivírus, quando na verdade é o próprio vírus em questão.

Então fica a dica. Caso você clique em algum link que te leva para uma página onde você é convidado a instalar um antivírus, simplesmente feche esta página e sua máquina não será infectada. Ajude a divulgar esta informação!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook