Atualizado em: 10 fevereiro 2012

Primeiro funcionário da Google pede demissão

Craig Silverstein sai da empresa após 13 anos de serviço. Ele irá se dedicar unicamente a pesquisa em um portal com cunho educacional.
Você Sabia?
A empresa foi fundada por Larry Page e Sergey Brin, muitas vezes apelidados de "Google Guys", enquanto os dois estavam frequentando a Universidade Stanford como estudantes de doutoramento.

Craig Silverstein, primeiro funcionário da Google, está deixando a empresa para começar a trabalhar na Khan Academy, um projeto dedicado a educação voltada para a ciência. Apenas Larry Page e Sergey Brin, os fundadores do motor de busca mais popular do mundo, começaram a trabalhar no Google antes de Silverstein, que deu início as suas atividades profissionais em 1998.

Portanto, Silverstein tem vivido a história mais de 13 anos da Google desde o começo, e ocupou vários cargos na companhia. Agora, no entanto, decidiu tomar fazer fazer o que os profissionais de recursos humanos adoram dizer: “foi em busca de novos desafios”.

publicidade:

Embora a frase seja costumeiramente usada maquiar um “pé na bunda”, no caso de Silverstein não foi isso que que aconteceu. Ele decidiu se voltar apenas para atividades de pesquisa e sairá por conta própria. E sim, eu esperava uma oportunidade para ridicularizar esta besteira que o pessoal de recursos humanos fala há muito tempo.

Craig Silverstein, primeiro funcionário da Google

Google é só elogios para seu primeiro funcionário

Bobagens de RH à parte, fato é que hoje (10) será o último dia de Silverstein na Google, conforme ele próprio disse em um e-mail interno que acabou vazando.

“Alguns de vocês estavam pensando que esse dia nunca chegaria (como alguém disse uma vez: “Você vai morrer na Google?’), e foi uma escolha extremamente difícil”, escreve Silverstein, que assegura sentir agora a mesma paixão e o mesmo orgulho que sempre se teve em relação à Google .

“Apesar de muita coisa ter mudado na Google ao longo dos anos, eu acho que fizemos um trabalho notável por permanecermos fies à nossa principal missão de tornar o mundo um lugar melhor, tornando a informação mais acessível e útil”.

Enquanto isso, um porta-voz da empresa enviou um comunicado explicando que Silverstein contribuiu para o desenvolvimento da pesquisa e do Google ao longo dos anos. “Nós lhe desejamos boa sorte na Khan Academy e sabemos que fará grandes coisas para ajudar a promover a educação em todo o mundo”.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook