Atualizado em: 18 setembro 2011

Internet Explorer 10 não terá suporte a Flash

Microsoft se une à Apple e decide que o Internet Explorer para tablets não terá suporte ao Flash. Versão para desktops continua compatível com o plugin-in da Adobe.

Internet Explorer 10 não terá suporte a Flash

O novo browser da Microsoft que virá integrado ao Windows 8 marca uma mudança decisiva em relação à versão anterior, o IE9. O Internet Explorer 10 não aceitará o uso de plug-ins. Seguindo o modelo que Steve Jobs anunciou há algum tempo atrás, os desenvolvedores do novo software acreditam que o HTML 5 será suficiente para acessar todos os recursos da Web.

publicidade:

Microsoft apresentou há poucos dias o que será o seu sistema operacional para tablets e desktops. A versão para desenvolvedores do Windows 8 já pode ser baixada dos servidores da Microsoft, porém ainda é bem rudimentar em relação a versão final que ainda deve demorar cerca de um ano para ser lançada comercialmente.

A nova versão do navegador da Microsoft dá um grande salto, e conforme explicado no blog da empresa, não terá plug-ins. O IE10 somente se baseará na tecnologia HTML 5 para acessar os sites e os recursos que eles contenham. O software Flash será um dos mais afetados, pois há muito conteúdo na internet que foi produzido com este formato.

O Internet Explorer 10 aposta todas as fichas no HTML 5 para que a web se atualize e para que os consumidores possam explorar todos os recursos da grande rede. De acordo com Dean Hachamovitch, líder da equipe de desenvolvimento do Internet Explorer, a experiência fornecida pelos plug-ins de hoje são inconsistentes com a interface Metro e com a nova web com HTML 5.

O “estilo Metro” é outra das alterações no Internet Explorer 10. O objetivo é ajustar a interface para a experiência do usuário nos tablets. As características do novo browser aumentam o desempenho da bateria, a segurança e a privacidade dos usuários, disse a Microsoft. Eu estou testando o Windows 8 e asseguro que o novo IE10 é muito mais interessante que os outros navegadores da atualidade. A melhor maneira que posso usar para definir é que ele deixa os outros debaixo do chinelo.

A iniciativa da Microsoft soma forças com a decisão da Apple de não usar Flash em seus dispositivos. Com esta decisão da gigante do software, a popularização do HTML 5 está garantida e o futuro do Flash se torna cada vez mais incerto.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook