Atualizado em: 5 setembro 2011

Google toma medidas contra pirataria

A Google anunciou novas medidas contra a pirataria, e afirma que um conteúdo denunciado por violação de direitos autorais será removido em no máximo 24 horas.

google_logo

Enfim uma boa notícia para todos editores que produzem conteúdo original, e se irritam ao ver sites relacionados à pirataria nas primeiras posições do buscador do Google.

publicidade:

A empresa gigante da Internet está buscando se desvincular de todos os laços que possa ter com a pirataria. A Google passou a oferecer ferramentas mais rápidas e eficientes para que um conteúdo que infrinja os direitos autorais, seja denunciado e removido. A empresa também fez mudanças para seus resultados de busca favoreçam trabalhos originais e legais.

Google busca agradar grandes empresas

A Google vinha recebendo críticas há algum tempo, acusando-a de hospedar pirataria e apoiá-la de forma passiva, pelo que, a empresa foi forçada a mudar de política. A mudança de postura também está relacionada com a crescente necessidade de manter conteúdo distribuído de forma legal para impulsionar seus serviços relacionados multimídia no futuro, como a Google TV, Google Books, Google Music ou aluguel de filmes no YouTube. Os anunciantes não gostam de ver seu conteúdo original divulgado no mesmo local onde a pirataria está presente.

Pirataria removida em 24 horas

As medidas que a gigante da Internet está tomando contra a pirataria começam por oferecer serviços mais eficientes para denunciar abusos em seus próprios sites . Onde quer que haja um arquivo que viola as leis de direitos autorais, este poderá denunciado e removido em um processo que vai durar no máximo 24 horas.

Em uma reunião com executivos da televisão britânica, Eric Schmidt, executivo-chefe da Google, disse que o tempo médio de resposta da empresa para remover conteúdo ilegal passou a ser de quatro horas. Essa eu quero ver!

Pirataria é “rebaixada” no buscador

Com relação às buscas, a Google também trabalhando ativamente contra a pirataria nesta área. Seus resultados passaram a privilegiar o conteúdo original em relação àqueles que violam as leis de direitos autorais. Sua função de auto completar, aquela  onde você digita texto na caixa do buscador e sugestões são apresentadas, eliminou os termos relativos à distribuição de conteúdos ilegais.

Para completar o quadro de medidas, a empresa não vai permitir que sites que hospedam conteúdo pirata, usem a publicidade do Google AdSense, embora isto já seja parte dos termos do serviço há muito tempo, porém, na prática, observávamos uma enxurrada de sites ilegais com anúncios do Adsense.

Link para denunciar pirataria no Google

Para denunciar pirataria no Google, visite este link: este link. Se o site ilegal estiver hospedado no Blogger, use este link.

Vamos ver se agora é pra valer!

Fonte: ReadWriteWeb | Google Public Policy Web

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook