Atualizado em: 4 outubro 2011

Google Chrome é o segundo browser mais usado no Windows 7

Guerra dos navegadores continua grande com o Google Chrome assumindo a segunda posição na preferência dos usuários do Microsoft Windows Seven.
Guerra dos Navegadores

Guerra dos Navegadores

O Chrome se mantém como o principal rival do Internet Explorer em computadores com Windows 7. O navegador conseguiu se estabelecer na segunda posição, à frente do Firefox. O Internet Explorer mantém sua hegemonia e conseguiu aumentar a sua distância dos concorrentes.

Apesar de ser recente, com apenas três anos no mercado, o navegador da Google está se tornando um rival importante no campo dos navegadores web. Ele já está na 14ª versão e a empresa não para de fazer melhorias para torná-lo ainda mais competitivo e atrair mais usuários. A concorrência continua forte, com Internet Explorer como líder e o Firefox tentando não perder terreno, na terceira posição.

publicidade:

A Microsoft publicou em seu blog “Windows Team”, dados mundiais do mês de setembro sobre o uso de navegadores web no Windows 7. Foram apresentados dados comparativos das últimas versões dos  três principais navegadores, Internet Explorer 9, Chrome 14 e Firefox Chrome 6 e 7.

Os usuários do Windows 7 colocaram o navegador da Google na segunda posição em agosto, e novamente conseguiram manter a posição em setembro. O Chrome conseguiu superar o Firefox, que tradicionalmente sempre ficou atrás do IE, com uma quota de mercado de 18,1 por cento. Em agosto, o Chrome marcou 18,3 por cento, de modo que o browser perdeu 0,2 pontos.

A perda de quota de mercado do Chrome é preocupante porque o seu principal rival, o Firefox, conseguiu reduzir a distância que não é muito grande.

Em agosto, o Firefox marcou uma quota de 13,2 por cento, e, em apenas 30 dias, ganhou 2,5 pontos. Se o mesmo crescimento for alcançado em outubro, poderia ultrapassar o Chrome, e retornar à segunda posição, mantendo a guerra dos browsers bem acirrada.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook