Atualizado em: 6 dezembro 2013

Cuidados com Compartilhamentos no Facebook: Como Saber o que é Verdade

Sempre é bom ter cuidado ao compartilhar a vida da sua família, onde pode por em risco a vida de algumas pessoas , portanto fique atento as informações abaixo.
Você Sabia?
Que a primeira rede social surgiu em 1995 nos Estados Unidos e Canadá, chamada Classmates, com o objetivo de conectar estudantes da faculdade.
imagem

O Facebook esconde um perigo que nem todos percebem

O Facebook virou fonte de notícias e canal de comunicação dessas notícias para muita gente no mundo, mas ele não é o local mais confiável para você se informar. Como todas as pessoas podem compartilhar o que elas querem, o Facebook é cheio de meias-informações, informações erradas e pegadinhas que pega muita gente.

Isso acontece porque muitos de nós acreditamos em tudo que lemos (ou achamos que nosso amigo é uma fonte confiável, sem pensar que talvez ele também esteja sendo enganado) e compartilhamos sem pensar no assunto. Mas não cair nessas pegadinhas e informações erradas não é muito difícil.

publicidade:

Leia Criticamente

Nós passamos muito rápido pelo Facebook e compartilhamos as coisas sem pensar. Evite isso. Caso você não tenha tempo de ler tudo ou pensar sobre o assunto, só curta e não compartilhe, não faça parte de uma corrente de informações erradas e piore a situação da rede. Leia com cuidado e pense sobre o assunto antes de compartilhar.

Pesquise no Google

A maioria das informações erradas, enganações e pegadinhas do Facebook não resistem a uma simples pesquisa no Google. É simples e rápido: Digite as palavras chaves da notícia que você está lendo e veja se o Google possui links que confirmam essa notícia com fontes confiáveis, como jornais e fontes acadêmicas. Na maioria das vezes, o que achamos em primeiro ligar, no Google, é uma notícia sobre a falsidade da notícia.

Leia os Comentários

Confie nas pessoas que já aprenderam a filtrar as notícias no Facebook. Leia os comentários na fonte da notícia e veja o que as pessoas estão falando. A maioria provavelmente estará apenas comentando a notícia, mas se aparecer uma ou mais pessoas a refutando, não compartilhe e faça uma pesquisa para confirmar sua veracidade (ou simplesmente deixe a notícia para lá).

E não se esqueça de fazer a mesma coisa com notícias que você perceber que são errôneas. Não só deixe de compartilhar a informação como deixe um alerta para os próximos leitores e avise que aquilo é falso. Ajude a limpar a rede da ignorância.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook