Atualizado em: 21 fevereiro 2011

BitTorrent identificará provedores que limitam ou bloqueiam o tráfego

bittorrent-isp-data

Um ponto importante que todos deveríamos saber antes de contratar os serviços de qualquer provedor de Internet, é se pratica alguma limitação ou bloqueia o tráfego de Internet de alguma forma. A boa notícia é que a BitTorrent está trabalhando em um novo sistema para identificar os provedores que realizam estas práticas.

publicidade:

Apesar de ter apenas em conta os dados relativos ao seu popular protocolo de transferênciaP2P, o fato de ter mais de 100 milhões de usuários em todo o mundo pode ajudar a fornecer um mapa bastante confiável dos bloqueios ao compartilhamento de arquivos.

De fato, de acordo com Eric Klinker, executivo-chefe da BitTorrent, “temos clientes em todos os países do mundo que utilizam nossa rede quase que diariamente”. Como resultado foram capazes de registrar as tendências de mais de 9.000 provedores no mundo inteiro, incluindo os brasileiros que negam veementemente esta prática.

Embora ainda não seja clara a forma como eles irão divulgar os resultados obtidos no BitTorrent, estão abertos a propostas sobre o que fazer com os dados recolhidos, desde que sejam construtivas. Há vários exemplos de abuso entre os provedores, por exemplo, no Reino Unido, descobriram que alguns dos maiores provedores limitam significativamente os downloads a partir das 18:00.

Usuários brasileiros da Telefônica e Net Virtua relatam que as duas empresas limitam muito a velocidade dos downloads entre 18 e 20 horas, porém negam esta prática já comprovada inúmeras vezes por especialistas e usuários avançados.

Interessante iniciativa da BitTorrent, e irá lançar alguma luz sobre a neutralidade de alguns fornecedores. Estamos ansiosos para divulgar o relatório sobre o nosso país. Por ora, podemos sempre realizar testes no site Glasnost para testar o desempenho do nosso provedor e saber se ele limita nossa conexão.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook