Atualizado em: 24 fevereiro 2011

Alemanha combate o Cybercrime

cybercrime

A Alemanha terá um novo órgão governamental na luta contra o cibercrime, de acordo com um plano aprovado quarta-feira pelo governo para fortalecer a defesa contra ameaças à rede.

publicidade:

A chamada “Estratégia de Segurança Cibernética” da Alemanha”, prevê a criação do Centro Nacional de Ciberdefesa, que estaria pronto para confrontar ameaças de um ataque ou contra a Internet, analisar a situação e aconselhar as autoridades sobre como combatê-la.

“Nós todos precisamos da rede como o ar que respiramos”, explicou o especialista de tecnologia do governo, Cornelia Rogall-Grothe, durante um evento de segurança cibernética, em Berlim. Por conseguinte, é essencial dispor de mecanismos adequados para proteger os sistemas contra ataques cibernéticos, acrescentou ele.

Segundo explica o plano do governo, o ciberespaço inclui “todas as estruturas de informação acessíveis através da Internet ao redor do mundo e além das fronteiras”.

Um ataque ao ciberespaço, diz ele, poderia criar problemas significativos em aspectos fundamentais da vida moderna. “A disponibilidade do ciberespaço e a integridade, autenticidade e confiabilidade das informações contidas nele (…) se tornaram uma questão-chave neste século”.

Outros países como os Estados Unidos, criaram recentemente autoridades específicas para lidar com a cibercriminalidade. O assunto foi um das novidades na Conferência Internacional de Segurança no início deste mês, em Munique.

No Brasil, existe o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança que tem o mesmo objetivo.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook