Atualizado em: 9 fevereiro 2011

Vaticano não aprova confisão pelo iPhone

iphone1

O Vaticano disse hoje que nenhum software pode substituir o sacramento da confissão e não faz sentido falar de “confissão pelo i-Phone”, o dispositivo eletrônico que fornece um aplicativo para se preparar para confissão.

publicidade:

O porta-voz do Vaticano, o padre jesuíta Federico Lombardi, perguntado hoje sobre a implementação desta aplicação no popular i-Phone, lembrou que não há nenhum sacramento da confissão sem o diálogo entre sacerdote e penitente, e sem que haja a absolvição deste último. O padre afirmou ainda que nenhum software pode substituir esta prática da Igreja Católica.

O jesuíta Lombardi disse que, assim como as pessoas usam meios informatizados para ler, orar, etc, também pode ser que alguns estejam dispostos se confessar para programas de computador, o que consideramos útil “, mas sabendo que tal prática não substitui o sacramento… podemos considerar o uso deste tipo de aplicativo como uma preparação e nada mais”.

O porta-voz disse que é importante que o pedido de confissão seja “real” para ter utilidade pastoral, e não “um negócio alimentado pela necessidade religiosa e espiritual”.

O aplicativo em questão foi criado pela Little Apps, que o batizou com o nome “Confession” (Confissão), estando disponível para as plataformas iPhone, iPad e iTouch.

“Confession” destina-se a ajudar os católicos no sacramento da confissão e pode ser adquirido pelo valor líquido 1,99 dólares no site da Litte Apps. Atualmente, o aplicativo é o número 41 na lista do iTunes dos aplicativos mais populares.

Via: Litte Apps e Fox 5

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook