Atualizado em: 7 outubro 2013

Maiores descobertas Espacias feitas pela NASA

A Nasa é uma agência espacial americana, caso você não saiba o site da NASA foi desligado devido à falta de financiamento do governo federal norte americano.
Você Sabia?
Que a NASA é um Instituto de pesquisa aero-espacial americana, responsável por desenvolver todo tipo de tecnologia para a exploração do espaço.
planeta GJ 504b

Nasa destaca imagens de missões e descobertas espaciais diariamente.

A Agência Espacial Norte Americana (NASA),já realizou muitos estudos e fez diversas descobertas através de seus telescópios, mas os mais importantes descobertas são sem dúvida os novos planetas, principalmente os que podem ser habitados.

Há os que ainda estão em desenvolvimento,como o planeta rosa, o planeta GJ 504b, que não é habitável, mas tem uma bela coloração que chama a atenção,e que tem cerca de quatro vezes a massa de Júpiter e uma temperatura de cerca 237 graus Celsius . O planeta GJ 504b fica a 57 anos-luz da Terra e tem a coloração rosada devido ao alto brilho infravermelho, característico de planetas jovens.

publicidade:

Informações

Mas a NASA descobriu recentemente dois planetas que segundo os especialistas da NASA são os mais “habitáveis” entre os planetas já descobertos.

Esses dois planetas são ligeiramente maiores que a Terra e giram em torno de uma estrela a 1.200 anos-luz da Terra.

De acordo com a NASA, os dois planetas têm a dimensão correta e estão a uma distância ideal da estrela em que orbitam, para criar as condições necessárias para a existência de água em sua superfície.

Sendo que o telescópio Kepler foi que detectou os dois planetas, batizados de Kepler-62e e Kepler-62f.

O telescópio Kepler já havia detectado mais de 600 planetas, sendo que alguns semelhantes com a Terra, mas nenhum deles com condições tão propícias para a existência de vida.

Esses planetas recém descobertos são chamados de “superterras”, pois suas dimensões são maiores do que a da Terra, tendo cerca de uma vez e meia o diâmetro da Terra.

A NASA afirma que o tamanho destes planetas sugere que eles sejam rochosos, como a Terra e compostos na maior parte por gelo.

Sendo que os planetas 62e e o 62f  parecem estar a uma distância adequada da estrela que orbitam, fazendo com que eles recebam uma quantidade tolerável de energia, o que os fazem não ser quentes ou frios demais.

Mas esses não são os primeiros planetas com possibilidade de serem habitáveis que a NASA encontrou, pois há também o que planeta descoberto pelo telescópio Kepler em 2011, o planeta Kepler-22b, que se encontra em uma região habitável de sua estrela, e que tem cerca de 2,4 vezes o raio da Terra.

O planeta Kepler-22b está a 600 anos-luz de distância da Terra e leva 290 dias (da Terra) para completar uma volta ao redor de sua estrela

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook