Atualizado em: 27 setembro 2011

Exame da OAB nas Universidades: Unip é aprovada em apenas 6,7%

De acordo como informações do diretor da Unip, a Universidade teve um resultado positivo em relação ao desempenho dos estudantes no qual as notas de 3 e 4 (em escala de 1 a 5) nos cursos de Direito oferecidos em 18 câmpus foram ótimas.

Como todos sabem, à todos os anos, as Universidades são analisadas e pesquisadas de uma forma em que há uma séria pontuação de votos em relação ao desempenho de cada uma delas.

Exame da OAB nas Universidades: Unip de é aprovada em apenas 6,7%

A medição de notas, é muito importante para as Universidades, algo interessante para o país, portanto, que busquem a melhor.

Sobre a pesquisa da OAB

De acordo com informações, a Universidade Paulista (Unip), ela está se vangloriando em algumas questões marketing, segundo informações, ela se diz, ser a terceira instituição que mais aprova no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

publicidade:

Os dados da medição, obtidos e divulgados pelo site IG divulgados na semana passada, foram no total, 240 estudantes ou ex-alunos da Unip que conseguiram obter o registro para advogar, ou seja, este deve ser um resultado voltado a aprovações e instituições do  de ensino, em que no total, forma 3.543.

O índice de aprovação, para quem não sabe, era para ser o maior, antes, enfim, entre todas as instituições, a provação para este resultado está entre apenas 6,77%, o que a coloca em 630º lugar entre mais de 800 faculdades de Direito.

O ranking das Faculdades por aprovação do 4º Exame de Ordem Unificado

Em relação a qualquer câmpus da Universidade Unip, ou em outras, as pessoas sempre devem se ligar onde irão estudar, ou seja, não importa o quando for precisar resolver algo, é necessário que esteja sempre bem preparado para atender à qualquer questão, e tem mais, isso é o mínimo que devemos saber. Para falar do ranking de alguma instituição, é necessário ter o melhor conhecimento, e se tratando de conhecimento, podem estar certos, a OAB entende muito.

Augusto Nasr, este é o diretor-geral da Unip, e tem mais, para ele, o resultado da OAB não tem validade estatística, pois não diferencia estudantes concluintes de ex-alunos formados há vários anos. “Quem se formou em 1998 e presta a prova agora não vai conseguir ser aprovado”, disse. O diretor considera um “absurdo” e cita o ranking do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que leva em conta somente as notas dos concluintes.

Os resultados

Para qualquer situação, temos que estar muito bem atentos, ou seja, para qualquer resultado de pesquisa, situações em que há um certo ranking, as escolas sempre seguem com um tipo de nota. Existe para a OAB, uma separação entre os formandos e egressos é uma das principais críticas das instituições de ensino, no entanto, avalia e divulgar o ranking com a divisão é de fato, algo muito importante.

[share]

Os bacharéis nem sempre conseguem a aprovação na primeira tentativa da nota, sendo assim, tentam nos anos seguintes à conclusão do curso. A Unip, por ser uma das melhores instituições em quesitos de alunos matriculados, é uma das que mais se tem nota também, porém, é claro que não são apenas elas é que entram na medição. Há alunos matriculados em um número de (197 mil), algo gigantesco.

Aprimore os seus conhecimentos:

Na edição anterior, na qual a propaganda da universidade se baseia para dizer que “brilha na OAB”, 3.874 participaram da prova e 274 passaram, o que deu à universidade o índice de aprovação de 7,07%, porém, o comercial destaca apenas o resultado da aprovação absoluta, terceira maior daquela edição, atrás da também gigante Universidade Estácio de Sá, com 390 aprovados de 2.844 e da Universidade Presbiteriana Mackenzie que aprovou 285 de 800 participantes.

Em suas palavras, o diretor disse: “Nós ufanamos do resultado, porque somos a universidade que mais colocou pessoas no mercado de trabalho. E isso é o que importa”, e tem mais, ele ainda destaca que há o total desempenho Unip no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que tem nota 3 e 4 (em escala de 1 a 5) nos cursos de Direito oferecidos em 18 câmpus.

Os resultados com mais de 10 participantes no 4º Exame de Ordem Unificado

Resumidamente falando, quando as questões de notas, os aprovados em primeiro, segundo, ou terceiro lugar, ambos, são pessoas que devem se manter de uma forma bem mais humilde ao participar destes resultados, afinal, nem sempre é desta forma em que as coisas funcionam.

Em números absolutos de aprovados a universidade está atrás somente da Estácio de Sá, que aprovou 311 dos seus 2.219 participantes e teve um desempenho melhor: 14,01% de aprovação. Para saber mais detalhes da 4º Exame de Ordem Unificado, acessem o site do iG.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook