Atualizado em: 16 fevereiro 2011

Veneno para Cumpins – Onde Encontrar

Em muitas casas, independente da localidade brasileira, muitas vezes existe um problema em comum chamado cupim. O problema é que poucas pessoas sabem realmente como exterminar essa praga de suas casas.

publicidade:

O verão é também a estação preferida dos cupins. Se reproduzindo intensamente desde a primavera, quando chega a estação do calor eles já formam verdadeiros exércitos capazes de invadir nossas casas atraídos pela luz e de devorar móveis, portas, pisos e bibliotecas inteiras.

São três as espécies mais comuns:

Nasutitermes S.P.
Cada colônia pode chegar a mais de um milhão de insetos que se alimentam principalmente da madeira das edificações e da vegetação, sendo, por isso, mais presentes em florestas e matas.

Cryptotermes Brevis
Essa espécie é perigosa por causar na maioria das vezes infestações localizadas, sendo capaz de destruir um móvel inteiro sem destruir a parte exterior. Apesar de pequenas, as colônias são umas das mais perigosas. Em geral, preferem a madeira seca , sendo facilmente encontrados em residências.

Coptotermes Havilandi
Freqüente tanto nas matas quanto em áreas urbanas, a espécie é conhecida como “cupim estrutural”. É capaz de fazer vários ninhos em um mesmo prédio se aproveitando de vãos, lages, buracos no solo ou restos de obra, de onde migram através de canos e condutos de fios.

Para acabar com a praga, os meios mais comuns são as iscas, os métodos de barreira e os tradicionais venenos.

A aplicação das iscas é o método mais moderno. Elas atuam como anticoncepcionais, sem cheiros fortes, ou venenos que possam causar danos à saúde da família e de animais domésticos e sem a necessidade de deixar o imóvel durante o período de aplicação do tratamento. Com um custo que varia entre R$ 75 e R$ 90 por mês, você pode se livrar dos cupins em um prazo de seis meses a um ano, quando a rainha perde sua capacidade de reprodução e morre de fome.

A barreira forma um bolsão de veneno no solo, em volta da construção e ataca a infestação por todos os lados. O risco é a contaminação dos lençóis de água.

Os venenos comuns são, geralmente injetados diretamente no ponto específico do móvel atacado pelos cupins. Por utilizar produtos tóxicos, esse método requer a saída do imóvel por um período de, pelo menos, 48 horas. Com um custo entre R$ 1.600 e R$ 2.000 reais o imóvel pode ficar livre das infestações por até cinco anos.

Especialistas garantem, entretanto, que com alguns cuidados preventivos é fácil evitar os ataques e manter seus móveis inteiros, mesmo no verão. Vale a pena experimentar.

Principais Dicas

– Ao comprar ou alugar uma casa ou apartamento pergunte sempre se já houve infestações de cupins.

– Verifique sempre cantos escuros e úmidos e preste atenção a alguns indícios que podem acusar a presença dos insetos, como um pó granulado ou túneis em objetos de madeira, portas e rodapés.

– Conserte vazamentos e infiltrações o mais rápido possível, já que a umidade favorece o aparecimento dos cupins.

– Cubra as superfícies de madeira com verniz, tintas ou outro material com a mesma finalidade.

– Impeça a entrada de cupins alados com telas em portas e janelas

– Ao realizar obras não reaproveite madeiras ou outros materiais que possam conter cupins. Prefira sempre madeira tratada.

Você pode encontrar veneno para cupins em casas do gênero.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook