Atualizado em: 14 julho 2011

Umidade do Ar Hoje

A umidade do ar tem feito muita gente sofrer, principalmente os idosos, crianças e alérgicos.

publicidade:

Dá para sentir a secura e esta sensação nos da um mal estar daqueles.

Nosso corpo é muito sensível à umidade do ar, já que quando a umidade está muito alta ele não consegue perder líquido através da pele (suor), e a temperatura do corpo se eleva mais facilmente.

Já com a umidade muito baixa, o corpo perde muito líquido e fica com as mucosas ressecadas.

Como as condições climáticas de muitas regiões no inverno são de pouco vapor de água no ar e temperaturas elevadas, podemos deduzir que a umidade relativa é geralmente baixa, e que nosso organismo sofrerá com a perda excessiva de líquido.

A umidade relativa do ar ideal gira em torno de 50% a 80%, mas em alguns locais no inverno ela pode atingir níveis tão baixos como 12%.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a escala para a umidade relativa do ar é de atenção (20% a 30%), alerta (12% a 20%) e alerta máximo (abaixo de 12%).

Os sinais mais comuns de que a umidade relativa do ar está em níveis baixos são:

  • Sangramentos no nariz – a mucosa ressecada pode sangrar;
  • Alergias – também como efeito das mucosas ressecadas é mais fácil ter rinites, sinusites, conjuntivites, os vasos sangüíneos incham, obstruindo o nariz.
  • Dor de cabeça – o sangue fica mais concentrado aumentando a pressão nos vasos sanguíneos, uma das causas das dores de cabeça;
  • Cálculos renais – como os rins eliminam menos líquidos, a urina concentrada pode gerar cálculos.

Para se precaver contra os efeitos da baixa umidade do ar é recomendado que se beba muita água, utilizar-se de baldes ou bacias com água em locais fechados, lavar sempre as vias respiratórias e olhos, usar soro fisiológico e descongestionante nasal para tornar possível a respiração pelo nariz, e não pela boca, uma vez que a respiração nasal umedece o ar que chegará aos pulmões.

Também se deve evitar a prática de exercícios físicos em locais fechados, e evitar a exposição ao sol das 10h às 15h, fazer refeições leves e sempre que possível utilizar roupas de algodão que auxiliam na transpiração da pele.

Segundo os meteorologistas estamos enfrentando umidades do ar baixíssimas e isto é devido às mudanças climáticas.

Umidade do Ar Hoje

68% Pela manhã

43% No período da tarde

Vamos torcer para que uma chuva leve continue contribuindo para que a umidade do ar fique em níveis considerados bons!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook