Atualizado em: 26 agosto 2011

TV por assinatura, aumenta 15,6% nos sete primeiros meses

A região Nordeste foi a que apresentou o maior índice de crescimento dos serviços com 52,3%, seguida pela região Norte, com 42,4% e Centro-Oeste com 32,8%.

A cada dia que passa, o canal por assinatura está ficando mais acessível. O que comprova isso são os 187,5 mil novos assinantes, o Brasil chegou a julho de 2011 com 11,3 milhões de domicílios atendidos com TV por assinatura. Os números foram divulgados nesta quarta-feira, 24 de agosto, pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

De acordo com a Secom, nos sete primeiros meses do ano, foram mais de 1,5 milhão de novos assinantes, o que representa um crescimento de 15,6%. Em julho, a evolução registrada em relação à base de assinantes do mês anterior foi de 1,7%. Considerando-se o número médio de pessoas por domicílio – dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam para 3,3 pessoas -, os Serviços de TV por Assinatura alcançaram mais de 37,3 milhões de brasileiros. As informações são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

publicidade:

A região Nordeste foi a que apresentou o maior índice de crescimento dos serviços com 52,3%, seguida pela região Norte, com 42,4% e Centro-Oeste com 32,8%.

Acredita-se que esse aumento de assinaturas se dá devido a empresas que estão inovando no mercado em relação ao preço, como a Via Embratel, que faz um pacote com a internet, telefone e tv por assinatura, num preço em que a maioria dos brasileiros, que hoje são a classe média, podem pagar.

Algumas Tvs pagas são: NET, SKY, Via Embratel, TVA.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook