Atualizado em: 15 julho 2011

Sindicato dos Vigilantes

A categoria batalha por sindicato cidadão

Seja para lutar por direitos, conquistar melhorias e fazer movimentos, é com o Sindicato dos Vigilantes, o Sindvigilantes, que os vigilantes de todo o Brasil podem contar. Com departamentos regionais espalhados pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e Santana Catarina, é com essa entidade que os vigilantes podem contar quando o assunto é trazer melhorias para a categoria.

Muitos sindicatos se prendem apenas na questão salarial, achando que a função do sindicato é apenas essa, porém, a do Síntegra vai muito além. Claro que um salário digno é sempre pauta do órgão, mas estes trabalhadores possuem direitos que vão além.

publicidade:

Os vigilantes são uma classe trabalhadora bastante organizada. Desde 1992, uma Confederação Nacional, presidida pelo vigilante da Seviba, José Boaventura, estão em torno de numa mesma luta para garantir os direitos dos vigilantes de todo o Brasil. Na Bahia, por exemplo, o Sindvigilantes – Sindicato dos Vigilantes do Estado da Bahia, tem sido uma entidade que tem conseguido vitórias como piso, reconhecimento profissional, colete a prova de balas, aposentadoria especial, reciclagem e CNV gratuita, seguro de vida, entre outras).

O sindicato dos vigilantes possui regionais em todo o país. Todos com a mesma função: organizar a categoria de acordo com as necessidades de cada localidade, dentro do contexto de cada estado, mas também acompanhando a rotina de trabalho de cada um dos vigilantes em suas cidades.

Os benefícios gerados pelo sindicato aos vigilantes associados têm trazido além das garantias dos direitos, outras ações como a firmação de convênios, proteção contra os desmandos e respeito enquanto classe trabalhadora.

O objetivo dos Sindivigilantes é promover o que se chama de Sindicato Cidadão. Isso implica em formar uma entidade que seja cada vez mais empenhada não apenas em assegurar direitos, mas também, criar meios para a valorização da classe, criar projetos que possibilite a educação da categoria, oferecendo assistência para aposentadorias e apoio jurídico.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook