Atualizado em: 25 outubro 2013

O que são vidros especiais?

Saiba que os vidros especiais contam com um comportamento diferente dos que os vidros convencionais que são utilizados em uma determinada obra
Você Sabia?
Que arte de fabricar o vidro é muito antiga, ignorando-se a forma como surgiu. Uma das histórias conhecidas sobre a descoberta do vidro, relata que, há uns 5000 anos.
1344568989_426327893_1-vidros-especiais-e-espelhos-CONSULTE-NOSSOS-PREcOS-Penha

vidros especiais uma boa dica para sua decoração

Você ainda pensa que vidro são todos iguais? Pois se sim, saiba que você está enganado. Existem muitos tipos diferentes de vidros que podem ser utilizados em uma obra, sendo que cada um conta com uma particularidade. São os chamados vidros especiais

São vidros que acabam tendo suas principais propriedades alteradas já no processo de fabricação. Desta forma, ele é moldado para atender demandas bem específicas nas construções ou em determinados objetos que são feitos de vidro.

publicidade:

Vidros Especiais existentes no Mercado

Vidros curvos

Estes vidros podem ser encontrados, por exemplo, em redomas de vidro. Para que ele possa ter este formato curvado ele precisa passar por uma alteração no processo de fabricação, contando com moldes e também uma maior manipulação da temperatura utilizada para criar o vidro.

Vidros aramados

Este tipo de vidro também é muito utilizado na construção civil de alto custo. Este vidro geralmente é mais forte e resistente do que o vidro comum. O motivo é que ele é feito com um material diferente por dentro, uma espécie de malha metálica. Assim, ele dá a impressão de ser um vidro impresso, porque a malha aparece e o efeito é muito bonito.

Vidros autolimpantes

Estes vidros também são utilizados em determinadas construções, como prédios e estabelecimentos comerciais. Ele conta com particularidades que acaba protegendo de grande parte da sujeira, como a que chega com a água da chuva, por exemplo. Para que ele ganha esta funcionalidade, durante o seu processo de fabricação é necessário a deposição de uma camada transparente de material fotocatalítico e hidrofílico sobre a chapa de vidro.

Vidros corta-fogo

Para fazer um vidro que seja mais resistente as altas temperaturas do fogo, ele deve ser feito com aspas de gel intumescente entre as lâminas.

Vidros refletivos

Estes vidros acabam refletindo a luz solar, impedindo que ela seja absorvida em grande quantidade pelo interior do ambiente. O vidro é feito com uma camada metalizada por fora.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook