Atualizado em: 7 outubro 2011

Saiba como é ser babá em outros países

A profissão de babá se modifica de acordo com a localidade e com o costume de cada lugar. Alguns países se assemelham ao Brasil nesse quesito, mas a profissão de babá em outros lugares é bem diferente do que conhecemos.
Babá

Babá, babysitter, au pair, nanny, existem diversas denominações para essa profissão que muda de acordo com a região. (Foto: Divulgação)

Para nós brasileiros, a imagem da babá é sempre a mesma. Aquela mulher uniformizada que está sempre acompanhando a família em todos os momentos e cuidando das crianças para que nada ocorra com elas. Mas internacionalmente, a babá ganha outras definições e embora possuam o mesmo objetivo, são contratadas de um jeito diferente.

A babá é aquela pessoa, jovem ou mulher, que é contratada para cuidar dos nossos filhos, pois em alguns momentos da vida não temos tempo devido ao trabalho e a outros compromissos que precisamos cumprir. No Brasil, a babá normalmente tem o seu trabalho fixo e é responsável por cuidar das crianças de um casal, mesmo que eles estejam presente.  Já em outros países pode ser bem diferente.

publicidade:

A Babá em outros países

Em diversos lugares a babá ainda trabalha da mesma forma que no Brasil, mas em outros não. Na Europa e nos Estados Unidos, por exemplo, muitas babás se assemelham com as brasileiras, mas é mais raro, pois muitas famílias preferem optar por deixar as crianças em creches, berçários e lugares de educação infantil. Na Argentina, a babá já passa meio que despercebida entre a população, sendo como uma pessoa normal da família, sem distinção com uniforme e outras coisas.

[share]Nos Estados Unidos é mais comum o serviço de babysitter, que é aquela que cuida da(s) criança(s) por um determinado tempo, quando normalmente os pais precisam se ausentar, mas não tem com quem deixar o(s) filho(s). Outro serviço também é o de au pair, que são as estrangeiras que vão ao país através de um programa que dispõe de famílias para abriga-las e em troca, seus filhos são cuidados. Nesse caso, o programa serve para garantir uma segurança para as estrangeiras e para que possa diminuir os custos de uma viagem em busca de estudos.

Veja cursos para se tornar babá

Babá 1

A profissão de babá muda de acordo com a localidade, mas já está se tornando uma profissão formalizada, o que está despertando muita polêmica. (Foto: Divulgação)

Profissão formalizada

Em muitos lugares a profissão é realizada de modo informal, mas na Califórnia já existe um projeto de lei que propõe a regulamentação desses serviços e está sendo chamado de “A lei da Babysitter”. Esse novo projeto lei vale para todos os empregados domésticos, o que tem gerado muita polêmica, pois o serviço dá direito a cartão de ponto e contracheque, além de pausas obrigatórias de 10 minutos a cada quatro horas de trabalho. Esses direitos estão preocupando e estressando os californianos, que pensam em contratar outra babysitter para ajudar e cuidar das crianças nos momentos de descanso.

Ao falar de uma profissão formalizada e completamente regularizada, com direito a tudo que um funcionário deve ter, já é chamado de nanny, que normalmente são mulheres mais velhas e sendo essa a mais parecida com a babá brasileira.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook