Atualizado em: 15 julho 2011

Residuos Perigosos

Residuos Perigosos

A Unicamp tem feito um trabalho maravilhoso com Resíduos Perigosos. É quase impossível acreditar que uma instituição com o porte da Unicamp, totalmente envolvida no ensino, na pesquisa, contando com tantos laboratórios, com um dos maiores complexos hospitalar do país, gere essa quantidade de Resíduos Perigosos.

publicidade:

A utilização de produtos químicos, biológicos e radioativos geram grande quantidade de Resíduos Perigosos. O que fazer com esse lixo que causa tanto perigo para a humanidade? Onde armazenar? Pensando nisso as empresas grandes geradoras de Resíduos Perigosos se estruturaram para descartar essas mais de 95 toneladas, mais de 80% desses resíduos não são incineráveis.

A proposta da Unicamp é uma gestão ambiental de qualidade. Especializar mão de obra para ajudar no descarte desses resíduos sem dano algum ao meio ambiente, pessoas que possam fazer estudos de locais apropriados, o acondicionamento dos resíduos tanto nos aspectos operacionais como das legislações específicas para resíduos químicos, biológicos e radiativos conforme leis estabelecidas pela Comissão Nacional de Energia Nuclear.

Segundo o Ministério da Saúde é considerado Resíduos Perigosos todo aquele resíduo sólido, líquido, gasoso ou combinação destes, provenientes dos processos industriais e que possa por suas características físicas ou químicas ou microbiológicas não podem assimilar-se aos Resíduos domésticos.

Bom seria, que todos se preocupassem ao menos com o seu lixo,  que fosse.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook