Atualizado em: 22 outubro 2012

Relevo da região norte do Brasil

Relevo da região norte do Brasil

O Relevo da Região norte é bastante conhecido pelas variedades de matas, e também pelo clima quente e principalmente, pela grande quantidade de rios muito grandes que completam o relevo da região norte, além da umidade o ano todo. A região norte é bastante marcada pelo relevo em planícies, planalto e depressões e é a região do País onde a paisagem natural mais interfere na ocupação do espaço.

Na região norte estão localizados o maior e o segundo maior estado do Brasil, respectivamente Amazonas e Pará, sem contar que abriga a maior floresta verde do mundo, é onde se respira o melhor ar do Brasil.

O Relevo da região norte do Brasil é genericamente conhecido como Planície Amazônica, embora a verdadeira planície apareça apenas margeando o rio Amazonas ou em pequenos trechos, em meio a áreas mais altas. Esse compartimento do relevo do Brasil divide-se em vários nomes, igapós, tesos ou terraços fluviais e terra firme.

Apesar de ser a maior região em termos superficiais, é a segunda menos populosa do Brasil, pois os habitantes normalmente são descendentes indígenas, então são meio que distantes uns dos outros, mas é uma terra linda e encantadora, onde várias pessoas viajam para curtir o que de melhor tem a natureza.

Infelizmente, grandes empresas estão comprando esta área por preço de banana, e nós brasileiros nem estamos sabendo o que se passa. Há um forte comprometimento da mídia convencional (rádio e TV) em relação a mostrar o que verdadeiramente está acontecendo, devido aos lucros gerados pela elite, detentora do capital, mas em muitas áreas da Amazônia já não nos é permitida a entrada livre, com uma forte desculpa de proteção ambiental, no entanto muitos biólogos do exterior estão patenteando plantas e espécies de insetos e animais, que irão ser vendidos como remédios a todo o povo do globo, inclusive a todos nós brasileiros, a preços excessivos, como é de costume da indústria farmacêutica e da ciência, tida como confiável.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook