Atualizado em: 12 setembro 2012

Recadastramento de CPF: Como Funciona

Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) é o registro de um cidadão na Receita Federal brasileira no qual devem estar todos os contribuintes.
Você Sabia?
Que o CPF é um documento eletrônico em forma de certificado digital, que garante a autenticidade e a integridade na comunicação entre as pessoas físicas e a Secretaria da Receita Federal do Brasil.

 

CPF um documento muito importante na vida de todos os Brasileiros.

Há alguns anos atrás, o recadastramento do CPF era algo que muitas pessoas faziam, mas que não tinham o entendimento do porquê tal processo deveria ser feito. Não mudou nada, a regra segue a mesma para todos, mas com métodos diferentes, adotados pela Receita Federal, para verificar se o contribuinte tem a necessidade de declarar imposto de renda. O recadastramento era com base nisso, onde o cidadão fazia o processo que o declarava como isento do IR.

A obrigatoriedade do processo é válida basicamente para quem tem alguma pendência junto à Receita Federal, pois a partir de 2009, o órgão adotou um filtro onde se verifica, quem teve os informes de rendimentos superiores ao limite do isento. Algumas pessoas que emitiram o CPF a partir de 2008, muito provavelmente não sabem que um dia existiu esse método manual de verificar se o cidadão estava tudo dentro dos conformes.

publicidade:

CPF Suspenso veja o que fazer

E se acontecer de ter o CPF suspenso, terá que prestar contas pessoalmente na Receita Federal, mas antes de ir, certifique-se de todas informações do processo, que pode ser acessado através desse link.

Agora se você tem seus rendimentos anuais superiores à R$ 15.764,28, e não fizer a declaração de imposto de renda, é com total certeza que terá seu CPF bloqueado, com isso não poderá receber seu salário mensal, e executar uma série de coisas.

CPF com problemas utilize esse link, e veja as opções que podem aparecer:

  • CPF Regular: Não há nenhuma pendência no cadastro do contribuinte;
  • CPF Pendente de Regularização: Contribuinte deixou de entregar alguma declaração em que estava enquadrado, podendo ser o IR.
  • CPF Suspenso: Cadastro do contribuinte está incorreto ou incompleto;
  • CPF Cancelado: Em virtude de alguma ação administrativa ou judicial, ou por falecimento do contribuinte;
  • CPF Nulo: Constatação de fraude na inscrição do contribuinte.

Informação

Então a dica para quem tem que prestar contas todos os anos, dos informes de rendimento; até para se certificar que não cometeu algum erro no processo, ou propriamente da Receita Federal, a consulta do CPF imediata, é sempre válida, e se tiver com algum problema, é muito mais rápido de se resolver.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook