Atualizado em: 15 maio 2013

Programas Sociais do Governo Federal

Através de levantamento do IBGE o governo federal tomou conhecimento que muitas famílias que vivem isoladas não tiveram acesso aos órgãos governamentais para se inscreverem nos programas sociais do governo.
Você Sabia?
Que a Amazônia ou Amazónia é uma floresta latifoliada úmida que cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul.
governo federal

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda

O Governo Federal tem diversos Programas sociais que visam dar assistência às famílias de baixa renda e elevar o nível de vida dos brasileiros que vivem na linha da miséria, dando oportunidade das famílias de elevarem o seu padrão de vida também com o acesso aos estudos.

Principais Programas do Governo

1. Bolsa-Família

publicidade:

É o carro-chefe dos programas. Criado em 2004, a partir da reforma e fusão de programas de transferência de renda já existentes, beneficia famílias em situação de pobreza.  Sendo que para permanecerem no programa, as famílias precisam cumprir determinadas condições, como a permanência das crianças de até 15 anos na escola, com frequência mínima de 85%; e a atualização das carteiras de vacinação.

2. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti)

Criado em 1996, ainda na gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, é um programa que tem por objetivo retirar crianças e adolescentes entre 7 e 15 anos de idade do trabalho infantil considerado perigoso.  O Peti concede bolsas mensais , que chegam a R$ 40,00  para que a criança ou adolescente frequente a escola. Além de  promover atividades culturais e esportivas, artísticas e de lazer em período complementar.

3. Minha Casa Minha Vida

É um programa do governo federal, em parceria com Estados, municípios, empresas e movimentos sociais, que visa facilitar o acesso das famílias com renda bruta de até R$ 5.000,00 à sua casa própria.

4. Brasil Alfabetizado e Educação de Jovens e Adultos

O programa é voltado para pessoas com 15 anos ou mais e faz parcerias com Estados, municípios, universidades, empresas privadas, organizações não-governamentais, organismos internacionais e instituições civis para combater o analfabetismo. É articulado à Educação de Jovens e Adultos (EJA) e tem por objetivo ainda fortalecer políticas que estimulem a continuidade nos estudos e a reinserção nos sistemas de ensino.

5. ProUni

Criado em 2004, o Programa Universidade para Todos, ter por objetivo permitir o acesso de jovens de baixa renda à educação superior, por meio da concessão de bolsas de estudo, integrais ou parciais. Os beneficiados são estudantes de cursos de graduação em instituições privadas de educação superior. As instituições precisam aderir ao programa e recebem, em contrapartida, isenção de alguns tributos. Os critérios de seleção são os resultados dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o perfil socioeconômico do estudante e da sua família.

6. Rede Cegonha: É um programa que visa garantir o atendimento de qualidade a todas as mulheres pelo Sistema Único de Saúde (SUS), desde a confirmação da gestação até os dois primeiros anos de vida do bebê. Este programa terá atuação integrada às demais iniciativas do SUS para a saúde da mulher.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook