Atualizado em: 12 julho 2013

Pirâmide Financeira - O que é e como funciona

A Justiça Federal vem bloqueando os negócios de diversas empresas suspeitas de estar funcionando no sistema de pirâmide financeira, mas que alegam ser de marketing multinível.
Você Sabia?
Que os primeiros guias alimentares surgiram na década de 1970, foi criada para ajudar e a entender como equilibrar esses alimentos
pirâmide financeira 2

Proibido desde 1951, este modelo comercial depende do recrutamento de outras pessoas e pode estar mascarado com o nome de marketing

A Pirâmide Financeira é um modelo comercial que depende basicamente do recrutamento de outras pessoas em níveis não sustentáveis a longo prazo e que geralmente implica em grandes perdas financeiras para as pessoas que se associam ao negócio.

Como Funciona

Mas podemos desconfiar que estamos diante de um golpe quando a proposta é de se  fazer um único pagamento e termos a promessa de que a partir daí receberemos retornos financeiros gigantescos. Sendo que o que acontece na maioria dos casos é que somente o idealizador do golpe ou poucas pessoas ganham dinheiro com a pirâmide financeira.

publicidade:

Assim quem fica no maior prejuízo são aquelas pessoas na base da pirâmide, ou seja os últimos a entrar no negócio e também os que entraram no plano, mas não conseguem recrutar outros associados. Até porque quando a pirâmide se quebra, o prejuízo acaba sendo dos investidores. Então é necessário ficar atento as promessas de rentabilidades atraentes, com promessas de ganho rápido e pouco risco.

Informação

Mas, de acordo com o Ministério da Fazenda, a legislação brasileira proíbe qualquer tipo de negócios em pirâmide. Sendo que a lei nº 1.521 de 1951 determina que é crime contra a economia popular, com possível punição de seis meses a dois anos de detenção, “obter ou tentar obter ganhos  ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos.

Vídeo sobre Pirâmide Financeira

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook