Atualizado em: 15 julho 2013

Pedágios nas Rodovias - Porque existem?

Os pedágios no estado de São Paulo são os mais caros devido às obrigações que constam nos contratos de concessão das concessionárias que administram os pedágios e estradas do estado.
Você Sabia?
Que foi somente com a Constituição de 1946 que a exceção do pedágio surgiu pela primeira vez no ordenamento jurídico Brasileiro.
pedagio-everson-bressan

Os pedágios das rodovias do Estado de São Paulo não terão reajuste este ano

Quando o governo municipal, estadual ou federal abre uma licitação para concessão de um trecho de rodovias para a iniciativa privada, as concessionárias que ganham essa licitação assinam um contrato com o governo onde se comprometem em fazer desde a conservação e monitoramento das estradas e dos carros e motoristas que por ela trafegam até as duplicações, pontes e acessos necessários.

Claro que há contratos que não envolvem grandes obras como pontes, duplicação de faixas ou vias de acessos às cidades, mas somente conservação e monitoramento das estradas, sendo que este último faz com que a concessionária responsável pelo pedágio, cobre um valor bem mais acessível dos motoristas. E como todo o custo destas obras, impostos e ainda o lucro que a concessionária tem para continuar no negócio, este é o tipo mais caro de pedágio.

publicidade:

Porque Existem?

Como no Brasil a cobrança de pedágio já é bem antiga, principalmente em algumas estradas do sul e sudeste do Brasil, onde a administração das rodovias passaram da administração pública para a privada, principalmente no estado de São Paulo. Onde os pedágios são bem mais caros pois além do monitoramento e manutenção das estradas, as concessionárias tem de fazer obras nas estradas e como são empresas privadas, elas visam lucro, que é retirado do valor do pedágio pago pelos motoristas que trafegam nas estradas sob domínio dessas concessionárias.

Claro que se o governo administrasse as rodovias de todo o Brasil teria de arcar com todas as despesas de construção, manutenção e monitoramento das estradas brasileiras e com certeza também cobraria pedágio em todas elas, mas esse valor seria bem menor, visto que o governo não teria de ter lucro com o negócio, pelo menos em tese.

Vídeo sobre Pedágios nas Rodovias

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook