Atualizado em: 15 maio 2012

Nova Lei Seca ficará mais rígida e prevê uso de vídeos

Lei Seca sofre mais alterações; deputado escreve projeto que já foi aprovado no plenário e agora segue para o Senado.
Você Sabia?
O teste do bafômetro foi modificado, com a nova Lei Seca quem assoprar o equipamento pode ser pego de duas maneiras, a antiga diz que se o motorista estiver com 6 decigramas ou mais de álcool no sangue será autuado, a nova prova acusa os que estiverem com 0,3 miligramas de álcool por litro de ar expirado.
Nova Lei Seca

Nova Lei Seca permite que vídeos sejam gravados para que se comprove a embriaguez do motorista. (Foto: Divulgação)

Depois de tantos comentários referentes à maneira de como detectar se um indivíduo está ou não embriagado ao volante, no último dia 11 de maio o plenário aprovou o projeto que institui a nova Lei Seca e ficará mais rigida com o uso de vídeos para detectar embriaguez do motorista.

Além dessa informação, o deputado Hugo Leal (PSC-RJ) e autor do documento escreveu também que a multa para quem comete essa infração deve ser dobrada. Agora motorista que dirige bêbado paga R$ 1915,40 e não mais R$ 957,70.

publicidade:

Como era antes

A última noticia que tivemos sobre a Lei Seca permitia que o condutor do veículo fosse autuado somente se passasse pelo teste do bafômetro, exame de sangue, exame clínico e relatos de testemunha, o que dificultava bastante as punições diante da recusa de se submeter aos testes.

Agora se um vídeo for gravado e as imagens denunciarem a embriaguez de quem estiver ao volante, basta, o infrator terá de arcar com todas as penas previstas em lei para os que cometem tal ato.

É válido lembra que no momento o Projeto de Lei do deputado precisa seguir para o Senado e lá ser aprovado também, enquanto isso é preciso aguardar para saber qual será o resultado entre os senadores, ao que tudo indica teremos essas modificações.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook