Atualizado em: 24 maio 2010

Mesário de Eleição – Como funciona

Tem quem corra dessa missão. Mas há aqueles que gostam de participar das eleições de forma mais atuante.

publicidade:

E uma destas formas é o de mesário.

Para os que desejam ser mesário nestas eleições 2010, o processo é bem simples. Basta fazer uma  inscrição que pode ser feita por meio de formulário específico disponível na página da Internet do TRE ou pessoalmente, na Central de Atendimento ao Eleitor ou nos cartórios eleitorais.

O serviço não é remunerado e o trabalhador apenas receberá auxílio-alimentação no dia da eleição.  Bom salientar que, assim como os votantes e candidatos, os mesários não podem fazer qualquer tipo de propaganda durante os trabalhos no dia das eleições.

Mas existem os cidadãos que não precisaram correr atrás da sorte de ser mesário. A sorte lhe sorriu espontaneamente.

Para estes convocados, a convocação  só colabora para a transparência do processo, uma vez que os mesários, juntamente com o dos funcionários da Justiça Eleitoral, garante que o pleito transcorra normalmente.

Quando  convocado, a presença do mesário  é obrigatória e a falta, se não  justificada, no prazo estabelecido, gera um  crime de desobediência e  conduz  o Mesário a processo criminal e multa a ser arbitrada pelo Juiz Eleitoral.

Se convocado, é importante citar que a convocação para Mesário é pessoal e intransferível. Se, por um motivo justo, o Mesário não puder trabalhar nas eleições, o próprio Cartório o substituirá por outro Mesário constante de seus arquivos.

E a Lei legaliza dias de folga para cada dia trabalhado nas eleições, bastando que o mesário solicite seu comprovante de participação no processo eleitoral ao Chefe do Cartório Eleitoral e também converse com seu empregador

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook